MENU

'Sensação era de pânico', diz mãe de menina que fugiu de escola em PE

'Sensação era de pânico', diz mãe de menina que fugiu de escola em PE

Atualizado: Quinta-feira, 4 Agosto de 2011 as 4:08

Duas crianças, um menino de 6 anos e uma menina de 5, driblaram a segurança e conseguiram fugir de um colégio no Recife nesta quarta-feira após o término das aulas. Em razão da fuga, a escola  informou nesta quinta (4) que afastou cinco funcionários.

As crianças foram vistas andando ao redor do colégio. Elas foram encontradas apenas cerca de duas horas depois, brincando em um parque próximo.

"Fiquei desesperada demais, minha sensação era de pânico, de perda, não sabia se ia ver ela de novo, vi só a mochila", afirmou Roberta Almeida, mãe da menina de 5 anos que já está em casa.

Segundo ela, o colégio informou que várias crianças conseguiram sair por uma janela aberta nos fundos de um parque, mas apenas os dois não foram encontrados. Por volta do meio-dia, Roberta afirma que chegou ao colégio para buscar a filha, mas que apenas depois das 13h ela e o outro menino foram trazidos por dois adolescentes que os encontraram em um parque.

"Estava desesperada, chorando, ligando para todo mundo, entrei em todos os banheiros. Não sabia mais onde procurar. E isso não foi de agora. Já tinha essa falha, e não foram tomadas providências. Uma vez deixei minha filha na escola, quando já estava no estacionamento, ela apareceu na minha frente", diz a mãe.

Ainda de acordo com Roberta, a filha contou apenas que perdeu uma rosa que comprou em uma loja para a mãe durante o "passeio". Roberta diz que pretende tirar a filha da escola, assim como os pais do outro estudante que fugiu também farão o mesmo. "Isso que aconteceu é muito sério. Perdi a confiança na escola", completou.

Em nota, a direção do colégio de ensino religioso afirma que a saída das crianças sem autorização dos responsáveis é “objeto de rigorosa apuração” e que cinco funcionários foram afastados enquanto o caso é investigado. O colégio informou ainda que não divulgará a função e os nomes dos funcionários.

Ainda segundo o colégio, as crianças já estão com os pais, e uma sindicância foi aberta para apurar de que forma conseguiram passar pela segurança e sair. A escola também que o estabelecimento é seguro e obedece a todas as normas para garantir a segurança dos estudantes.          

veja também