MENU

Serra defende desenvolvimento regional, e Dilma, apoio ao esporte

Serra defende desenvolvimento regional, e Dilma, apoio ao esporte

Atualizado: Segunda-feira, 25 Outubro de 2010 as 9:25

No programa eleitoral veiculado neste domingo (24), o candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra,  defendeu o desenvolvimento de todas as regiões do Brasil. "Eu costumo dizer que o Brasil só vai para a frente se nenhuma região ficar para trás".

Durante o programa, foram apersentadas propostas para todas as regiões. Na Região Norte, o tucano prometeu obras em estradas, no porto de Manaus, além de investir em saneamento básico e aumentar a vigilância nas fronteiras. Para o Nordeste, Serra prometeu saneamento básico e mais vagas em cursos profissionalizantes.

No Centro-Oeste, o tucano falou da necessidade de criar "novos caminhos para escoar a produção". Já para a região Sul, Serra defendeu investimentos em infraestrutura e a renegociação das dívidas de pequenos e médios agricultores. No Sudeste, ele destacou propostas para melhorar os hospitais federais no Rio de Janeiro.

O programa de Serra voltou a criticar a gestão de Dilma à frente da Secretaria de Finanças de Porto Alegre e afirmar que "ela não vai dar conta". Serra afirmou ainda que é preciso de "um governo de união e paz e parar com esse negócio do partido A ser inimigo mortal do partido B, de colocar uma região contra a outra, irmãos contra irmãos, o nosso Brasil é muito maior do que isso".

Esporte

O programa da candidata Dilma Rousseff (PT) mostrou as ações e investimentos que serão feitos em seu eventual governo para realizar a Copa do Mundo de 2014 e os jogos Olímpicos de 2016. O programa da petista afirmou que as obras de modernização ou construção de estádios já foram iniciadas.

O programa de Dilma Rousseff também falou das obras de modernização em aeroportos, portos e em veículos leves sobre trilhos. A candidata afirmou que os dois eventos - Copa do Mundo e Olimpíadas - são uma oportunidade para a inclusão de crianças e adolescentes em programas sociais.

"Foi por isso que o nosso governo deu uma nova visão ao esporte. Agora, o esporte é tratado como instrumento de inclusão social e crescimento das pessoas. É por aí que vamos formar um povo mais saudável e sadio", disse a candidata.

Durante o programa, Dilma prometeu a criação de quadras de esporte cobertas em 10 mil escolas do país, além de 800 praças de esporte. A petista também prometeu a ampliação do programa Bolsa-Atleta e uma maior valorização dos profissionais de educação física.

veja também