MENU

Serra diz que exigência de apenas documento com foto na votação não muda panorama eleitoral

Serra diz que exigência de apenas documento com foto na votação não muda panorama eleitoral

Atualizado: Sexta-feira, 1 Outubro de 2010 as 11:59

O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, disse hoje (1º) que a mudança, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), na documentação exigida para a votação não vai modificar panorama eleitoral. A afirmação foi feita em entrevista depois de debate na TV Globo. A exigência a partir de agora é de apenas de um documento com foto para votar no pleito de domingo (3), e não mais do título de eleitor. “A única coisa que foi esquisita é que você tem uma lei aprovada pelo Congresso, sancionada pelo presidente da República. O TSE [Tribunal Superior Eleitoral] a regulamenta e faz propaganda gastando dinheiro público na televisão, durante muito tempo, explicando como as pessoas devem votar. Chega na última semana, na prorrogação, o PT vai para a Justiça para derrubar a lei. É uma coisa esquisita. Mas eu não acho que a decisão do STF mude nada substancial do ponto de vista eleitoral”, disse Serra.

O STF decidiu ontem (30) que os brasileiros precisarão apresentar apenas um documento com foto na hora de votar. A decisão foi tomada em caráter emergencial, por 8 votos a 2, a partir de ação proposta pelo PT. Para o partido, a exigência de dois documentos era um exagero e poderia representar impedimento ao voto.

Segundo o candidato, o último debate entre os presidenciáveis do primeiro turno foi proveitoso. Serra disse que aproveitou a oportunidade para apresentar propostas e pontos de vista.

veja também