MENU

Serra diz que governará sem "Zé Dirceus e Erenices"

Serra diz que governará sem "Zé Dirceus e Erenices"

Atualizado: Terça-feira, 19 Outubro de 2010 as 4:27

No programa eleitoral desta tarde (20), a campanha do candidato à presidência da República pelo PSDB, José Serra, fez referências aos escândalos envolvendo o governo Lula e a candidata Dilma Rousseff (PT) e afirmou que, no seu mandato, poderá investir em saúde, segurança e educação com honestidade, ética e seridade. O apresentador ressaltou que "Serra lutou a vida inteira pelos mais desamparados. Pensando neles, o Serra participou do Plano Real, fez os mutirões da saúde, o Fundo de Amparo ao Trabalhador, e o Serra fez tudo isso sem aloprados, sem mensalão, sem Zé Dirceus e Erenices", afirmou. O tucano ressaltou ainda que a política de saúde deve ter participação direta do presidente da República. Mostrou o Ambulatório Médico de Especialista (AME), criado na sua gestão como governador de São Paulo, que será levado para todo o País, e disse que pretende fazer 150 policlínicas para acabar com filas e exames, além de hospitais regionais e a rede Zilda Arns, com tratamento para pessoas com deficiências.

Também voltou a falar na educação, destacando que ele ampliou e fortaleceu as escolas técnicas em São Paulo, e que a meta é melhorar o ensino técnico em todos os Estados, em todas as regiões, e que vai criar ainda o PROTEC, o Prouni do ensino técnico.

Mais uma vez, o programa citou a mal sucedida operação de Dilma à frente de uma loja de brinquedos no Rio Grande do Sul. "A única vez que a Dilma não teve chefe nenhum, foi quando foi dona de uma loja de brinquedos em Porto Alegre. Sabe o que aconteceu? A loja fechou as portas. Dilma não dá conta", disse o narrador.

No programa de Dilma, a candidata mostrou que fortalecerá o que está dando certo e corrigirá o que for necessário na saúde. Ela espera dar "um grande salto de qualidade", e para isso também prometeu investir em policlínicas, além de ampliar o programa odontológico e o Saúde da Família, investir em mais ambulâncias para o SAMU e remédios para hipertensos e diabéticos, com distribuição gratuita pela Farmácia Popular. Com uma abordagem feminina, a candidata enfatizou que a mulher tem um olhar mais cuidadoso, principalmente quando o assunto é saúde. "Os homens são mais sintéticos. Então mulher cuida, cuida mesmo", afirmou.

O programa ainda citou as privatizações feitas pelo governo Fernando Henrique Cardoso como a Vale e Telebrás, ressaltando que Dilma não vai deixar privatizar a Petrobras, nem o pré-sal.

veja também