Serra diz que pretende retirar ICMS de medicamentos se for eleito

Serra diz que pretende retirar ICMS de medicamentos se for eleito

Atualizado: Quarta-feira, 25 Agosto de 2010 as 3:15

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, disse nesta terça-feira (24) que, se eleito, pretende retirar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos medicamentos mais utilizados pela população.

O acesso aos medicamentos é uma das principais bandeiras de campanha do tucano, que foi ministro da Saúde no governo Fernando Henrique Cardoso.

“Quando eu era ministro tirei o PIS/Cofins sobre medicamentos de uso continuado e antibióticos. Isso é 62% do mercado. A próxima etapa é tirar também o ICMS, mas isso exige uma mudança racional que vou tocar para a frente”, disse. O tucano também criticou a política para a inclusão de novos medicamentos na lista dos genéricos. “No meu tempo, a média era de dois ou três meses. Isso se multiplicou por cinco, seis meses”, disse, atribuindo essa demora à “muita burocracia”.

As declarações foram dadas após uma caminhada pelas ruas da Vila Pudente. O tucano não respondeu a perguntas sobre pesquisas e sobre a propaganda eleitoral. Antes da visita ao bairro, Serra se reuniu no começo da tarde com representantes de empresas farmacêuticas ligadas a produção de genéricos.

Ele chegou ao bairro de Metrô após embarcar na estação Ana Rosa. Acompanhado do candidato do PSDB ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin e do candidato do PMDB ao Senado, Orestes Quércia, o tucano fez corpo a corpo por cerca de meia hora no comércio local. Utilizando microfone de lapela, Serra tirou fotos com pessoas que o abordaram na rua, conversou com comerciantes e entrou em algumas lojas para falar com os vendedores.

Postado por: Thatiane de Souza

veja também