MENU

Servidores do Judiciário Federal e Estadual fazem paralisação na BA

Servidores do Judiciário Federal e Estadual fazem paralisação na BA

Atualizado: Quarta-feira, 11 Maio de 2011 as 11:33

Servidores do Poder Judiciário Federal na Bahia paralisaram, nesta quarta-feira (11), as atividades da Justiça do Trabalho, Justiça Eleitoral, Justiça Federal e Justiça Militar da União por 24 horas. Em assembleia geral que será realizada às 13h, na sede do Tribunal Regional do Trabalho, a categoria deve decidir se fará greve por tempo indeterminado.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal (Sindjufeba), os trabalhadores reivindicam a aprovação do Plano de Cargos e Salários pelo Supremo Tribunal Federal, que prevê reajuste salarial. Além disso, o ato pretende pressionar o arquivamento da PLP 549/09, que propõe o congelamento dos gastos da administração pública brasileira por dez anos. Os atendimentos serão normalizados na quinta-feira (12), caso a assembleia não decida o contrário.

O Judiciário Federal mantém atendimentos de emergências nos cartórios estaduais, tais como mandados de segurança, habeas corpus, liminares, cautelares, pagamento de crédito já depositados, entre outros, segundo o coordenador-geral do Sindjufeba, Rogério Fagundes.

Judiciário Estadual

A esfera estadual do Poder Judiciário também está com atividades inativas nesta quarta-feira pela segunda semana consecutiva. A categoria decidiu manter a paralisação todas as quartas-feiras na assembleia que aconteceu no dia 29 de abril, até o Tribunal Pleno votar os mandados de segurança impetrados pelo Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado da Bahia (Sinpojud). Segundo o Sinpojud, o julgamento do Plano de Cargos e Salário já foi adiado por cinco vezes.

Segundo a assessoria do Tribunal de Justiça do Estado, por enquanto, o órgão não vai falar sobre a paralisação.

veja também