MENU

Sinos de quatro igrejas são furtados no Vale do Paraíba

Sinos de quatro igrejas são furtados no Vale do Paraíba

Atualizado: Segunda-feira, 13 Dezembro de 2010 as 8:11

Sinos de quatro igrejas foram furtados no último mês em cidades da região de Taubaté, a 140 km de São Paulo, no Vale do Paraíba. Os últimos dois casos ocorreram neste sábado (11) em Taubaté e na sexta-feira (10) em Santo Antônio do Pinhal. A polícia investiga se os crimes foram cometidos pela mesma família.

Na tarde deste sábado (11), moradores do bairro do Paiol, na zona rural de Taubaté, perceberam que o sino da igreja, feito de bronze e ouro e pesando 50 kg havia sumido. “A esposa do fundador da igreja guardou dinheiro muitos anos vendendo ovos. Ela vendia e guardava o dinheiro para poder comprar o sino. Foi uma decepção muito grande saber que teve um roubo na igreja”, explicou a professora Cilene Freitas.

O caso foi atendido pelo delegado Jorge Borrielo, do 1º Distrito Policial de Taubaté. "Acreditamos que seja uma quadrilha especializada porque os furtos são muito parecidos. As pessoas que moram no bairro são inocentes e responderam as perguntas dos suspeitos sem desconfiar", diz.

Além do caso de Taubaté, pelo menos outros três casos foram registrados pela polícia da região. Na madrugada de sexta-feira (10), a igreja matriz de Santo Antônio do Pinhal também foi alvo dos criminosos.

A suspeita é de que alguém tenha se escondido em uma parte da igreja que dá acesso à torre, e que ela não tenha agido sozinha. “Nunca tivemos coisa semelhante, nunca”, explicou o padre Pedro Alves.

Em São Luiz do Paraitinga, o sino da igreja do bairro São Sebastião, que fica na zona rural, foi furtado há alguns dias. O mesmo aconteceu em Natividade da Serra. Os casos seguem sendo investigados pela polícia de Taubaté.    

veja também