MENU

Skaf diz estar à disposição do PMDB para eleição municipal

Skaf diz estar à disposição do PMDB para eleição municipal

Atualizado: Segunda-feira, 6 Junho de 2011 as 11:13

Recém-chegado ao PMDB, o presidente da Federação Nacional das Indústrias, Paulo Skaf, negou que esteja em conversações com o partido para assumir a presidência estadual da legenda. Candidato derrotado ao governo de São Paulo em 2010 pelo PSB, Skaf diz que seu nome está à disposição do partido para concorrer à prefeitura de São Paulo. O PMDB já tem Gabriel Chalita como pré-candidato à disputa.

"O PMDB é um partido com uma história, que é grande nacionalmente, mas não tão grande em São Paulo. É importante ter um nome forte. Não tenho pretensões de ser candidato, mas meu nome está à disposição do partido. Queremos reconstruir um PMDB forte, que fará bem à democracia brasileira", disse.

No último sábado, o deputado federal Gabriel Chalita assinou, na Assembleia Legislativa de São Paulo, a sua ficha de filiação ao PMDB. Além de ingressar no partido, ele será o presidente do diretório municipal do PMDB na capital paulista. Chalita ficou menos de um ano no PSB, partido pelo qual se elegeu em 2010.

Chalita, que é pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, disse que a sua chegada ao PMDB pode ajudar a fortalecer o partido. "Ser pré-candidato a prefeito de uma cidade com tantas possibilidades e problemas é uma honra. O partido tem o histórico de boas administrações."

Sobre um possível desgaste com o PT, que tem aliança nacional com seu novo partido, Chalita afirmou que não haverá problemas. "O PT é o partido mais próximo do PMDB hoje. As discussões serão bem-vindas", disse. No PT, a senadora Marta Suplicy já demonstrou interesse em disputar a prefeitura paulistana. O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, também deve manifestar interesse até o fim do ano.          

veja também