MENU

Skinhead suspeito de matar punk em briga em SP é indiciado

Skinhead suspeito de matar punk em briga em SP é indiciado

Atualizado: Terça-feira, 20 Setembro de 2011 as 8:28

A Polícia Civil indiciou o skinhead preso por suspeita de envolvimento na morte de Jonhi Raoni Falcão Galanciak, de 25 anos, durante uma briga entre o movimento punk e skinheads na Zona Oeste de São Paulo no início de setembro. O jovem de 19 anos teve a prisão temporária decretada no dia 9 de setembro. Na noite desta segunda-feira (19), após o indiciamento, ele foi levado do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHHP) para um presídio na capital paulista.   Segundo a polícia, o suspeito pela morte de Johni foi amigo dele e pertence a um grupo de skinheads de Osasco, na Grande São Paulo. Ele era punk e virou neonazista, de acordo com as investigações. Em depoimento após a prisão, ele confirmou estar no local da briga, mas negou o assassinato.

As duas tribos se enfrentaram em frente ao Carioca Club, no bairro de Pinheiros, onde se apresentava uma banda de punk rock.

No dia da briga, um outro rapaz foi atacado com pauladas na cabeça. Fábio dos Santos Medeiros ficou internado no Hospital das Clínicas e teve alta na semana passada.            

veja também