MENU

Só louco autorizaria, diz pai de garoto que pegou carro e feriu três

Só louco autorizaria, diz pai de garoto que pegou carro e feriu três

Atualizado: Quinta-feira, 15 Setembro de 2011 as 1:57

O pai do garoto de 13 anos que dirigiu um carro em alta velocidade e se envolveu em um acidente com outros colegas, um de 11 de anos e dois de 12, na tarde de quarta-feira (14), em Maringá (PR), Alexandre Pistori, disse ao G1 na manhã desta quinta (15) que ficou em choque quando recebeu a notícia no trabalho. "Meus vizinhos me ligaram para contar. Fui correndo. Quando cheguei no local conversei rápido com ele e descobri que os quatro aproveitaram que tinham uma aula vaga na escola para passar em casa e pegar o carro. Eu sempre deixo a chave em local visível, mas nunca imaginei que meu filho poderia fazer uma loucura dessas", contou o pai.     Os quatro menores foram encaminhados para o Hospital  Metropolitano e para a Santa Casa. Eles passam bem, mas continuam em observação.

Alexandre contou jamais autorizaria o filho a dirigir o veículo. "Só se eu fose louco para deixar quatro crianças, que mal sabem o que é dirigir, andar por aí (....) eles poderiam ter causado uma tragédia muito maior", disse.

O carro ano 1992, que não tem seguro, ficou destruído e provavelmente terá perda total, segundo Alexandre.

"Parece que a 'ficha não caiu'. Não tive tempo de pensar ainda no que vou falar pra ele quando chegarmos em casa. Meu maior alívio e alegria nesse momento é saber que ele está vivo", finalizou o pai.

Jonathan dirigia em alta velocidade e bateu em uma árvore. Após a batida, o carro capotou e os quatro menores foram arremessados para foram do veículo. Todos estavam sem o cinto de segurança.          

veja também