MENU

Soldado do Exército mata homem em frente a quartel em Goiânia

Soldado do Exército mata homem em frente a quartel em Goiânia

Atualizado: Domingo, 23 Janeiro de 2011 as 9:47

Um homem foi morto com um tiro de fuzil por um soldado da Brigada de Operações Especiais do Exército às 7h deste sábado (22) em Goiânia, segundo a Polícia Militar e a Polícia Civil.

De acordo com nota oficial enviada pela Brigada de Operações Especiais perto das 17h, o incidente ocorreu às 5h15.

Segundo relatos feitos à PM, o homem estava sobre o muro do quartel quando foi visto por soldados. Nesse momento, ele pulou para o lado de fora e foi seguido. Parado por cinco soldados, o homem colocou a mão na cintura, como se fosse sacar uma arma. Um soldado deu um disparo de alerta para o alto. O homem continuou seguindo em direção aos soldados, quando um deles, de 19 anos, atirou. O tiro pegou no ombro do homem, que morreu no local.

Não foi encontrada arma com a vítima, que não portava documentos, segundo a PM.

O caso foi registrado na Delegacia de Homicídios de Goiânia. De acordo com a Polícia Civil, o homem foi identificado com um suposto nome, que forneceu à Polícia Militar durante uma abordagem por volta das 3h nas imediações do quartel, que fica no bairro Jardim Guanabara.

De acordo com a PM, durante a abordagem o homem deu o nome e disse ter 35 anos e também não portava documentos. Ele foi liberado. Na ocorrência da Polícia Civil, o homem foi identificado com o suposto nome que deu para a PM.

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia. Segundo o IML, ninguém foi ao local para reconhecer ou retirar o corpo. Três militares do Exército acompanharam a necropsia, para usar as informações em uma sindância, segundo o IML.

A reportagem tentou entrar em contato com a assessoria de imprensa do Exército em Brasília por telefone e por e-mail, mas não obteve resposta.  

veja também