MENU

'Sonhos para vestir' promete questionar o público do Festival

'Sonhos para vestir' promete questionar o público do Festival

Atualizado: Sexta-feira, 1 Abril de 2011 as 4:24

Um devaneio, um diálogo entre o vivido e o sonhado, sobre o que se escolhe para viver é a linha condutora da peça ‘Sonhos de vestir’, que estreia no Festival de Curitiba nesta sexta-feira (1º). Com direção de Vera Holtz, texto e interpretação de Sara Antunes o espetáculo classificado (por elas) como um drama-poético-musical promete questionamentos e interação com o público.

Em sua segunda experiência como diretora, a reconhecida atriz, Vera Holtz se diz “mais confortável em não estar no palco”. “Não sentir esta dor de ter que abrir o espetáculo e estar no palco, também é muito bom”, fala Vera Holtz, em entrevista ao G1 .

Contudo, a nova função da artista, que também dirigiu a peça ‘O estrangeiro’ proporcionou descobertas importantes. “Descobri que o público fala de um jeito diferente com cada um. Com o diretor são conversas mais sérias, questões técnicas, sobre o processo de trabalho e me sinto muito a vontade neste papel, respondendo a estas questões”, completa.

A atriz Sara Antunes, que participou do Festival de Curitiba de 2008 encenando o monólogo ‘Negrinha’, está ansiosa para apresentar-se no Teatro Paiol. “É um teatro que eu gosto muito, vai ser muito gostoso”, concluiu a paulistana.

'Sonhos de vestir' estreou no Rio de Janeiro em novembro de 2010 e pela primeira vez é apresentado em outra cidade. “O público do Festival [de Curitiba] é muito ávido, aberto, reage na hora, se gosta gosta. Se não, diz na hora”, explica Vera Holtz.

A peça faz parte da mostra oficial do Festival de Curitiba e está em cartaz no Teatro Paiol, na Praça Professor Guido Viaro, no bairro Prado Velho, nesta sexta-feira (1º) e sábado (2), às 21h. Os ingressos custam R$25 (meia-entrada) e R$50 (inteira).    

veja também