MENU

SP ganha novas unidades da AACD nas zonas Norte e Sul

SP ganha novas unidades da AACD nas zonas Norte e Sul

Atualizado: Segunda-feira, 19 Setembro de 2011 as 1:29

AACD começa a operar em outubro nova unidade

em Santana (Foto: Juliana Cardilli/G1)

  A cidade de São Paulo ganhará, a partir de outubro, mais duas unidades da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). Elas têm capacidade de atendimento conjunto de 430 pessoas por dia. As unidades de Santana, na Zona Norte, e Campo Grande, na Zona Sul, se somam aos outros três prédios da entidade na capital e Grande São Paulo: no Ibirapuera, na Mooca e em Osasco.

As unidades foram construídas em terrenos cedidos pela Prefeitura, e construídas com dinheiro do governo estadual – um total de R$ 5,3 milhões. A operação será feita com repasse de verbas municipais – apenas para a unidade Santana, a Prefeitura de São Paulo irá destinar R$ 1 milhão por ano. A expansão da entidade para outras regiões da cidade facilita o acesso de seus pacientes, reduzindo as distâncias a serem atravessadas na cidade para o atendimento, e também amplia a rede e a capacidade da associação.

“Com a ampliação do atendimento na cidade ganham as famílias que precisam desse atendimento público, gratuito, de uma entidade de excelência”, disse o prefeito Gilberto Kassab. “A AACD é sinônimo de excelência na área de reabilitação. São unidades moderníssimas, com fisioterapia, fisiatria, terapia operacional, serviço social, enfim, ensinar às pessoas com deficiência o seu cotidiano. Um centro de formação de recursos humanos importante, e tudo isso de graça, através do SUS, para a população”, afirmou o governador Geraldo Alckmin.

A associação é referência no tratamento de deficientes físicos no país, e tem unidades também fora do estado de São Paulo. Em 2010, foram realizados mais de 1,3 milhões de atendimentos pela rede – entre cirurgias, consultas, aulas e terapias.            

veja também