MENU

SP, Rio, Minas e DF registram 65 mortos no feriado da Independência

SP, Rio, Minas e DF registram 65 mortos no feriado da Independência

Atualizado: Quinta-feira, 9 Setembro de 2010 as 8:47

As superintendências da Polícia Rodoviária Federal em São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Minas Gerais registraram, no total, 65 mortes em rodovias federais durante o feriado de Independência, de acordo com balanço. São Paulo registrou a maioria das mortes (43).

Em comparação com o ano passado, quando o feriado foi em uma segunda-feira e teve um dia a menos, Rio, Minas e São Paulo tiveram redução do número de mortes. No Distrito Federal, aumentou - de duas mortes em 2009 para sete em 2010.

A operação Sete de Setembro de 2010 começou à 0h de sexta-feira (03) e se encerrou à 0h desta quarta (8). Neste ano, a operação não foi unificada em todo o país - cada superintendência coordenou a operação em seu estado. Por isso, segundo a assessoria do órgão, a Polícia Rodoviária Federal não divulgou um balanço nacional. São Paulo

No estado de São Paulo, além das 43 mortes, a Polícia Rodoviária registrou 748 feridos. No total, foram 1.518 acidentes durante o feriado prolongado. De acordo com a polícia, o número de mortes diminuiu 35% em relação a 2009. Entre as mortes, dez foram causadas por atropelamento. Ainda de acordo com a Polícia Rodoviária, houve 42 casos de embriaguez ao volante nas rodovias federais de São Paulo.

Rio de Janeiro

A Polícia Rodoviária Federal registrou 226 acidentes, com 73 feridos e quatro mortos nas rodovias federais fluminenses durante os cinco dias da operação. O número de mortes diminuiu 56% em relação a 2009, quando houve nove mortos, 238 acidentes e 99 feridos. “A concentração de veículos na saída do feriado associada às chuvas que ocorreram no período, criaram um cenário de risco para os motoristas. O retorno foi mais tranquilo, com o fluxo pulverizado nos últimos dois dias”, afirmou em nota a polícia do Rio de Janeiro.

Ainda segundo a PRF no Rio, foram registradas 2.741 infrações, 63 veículos retidos e 23 carteiras de habilitação recolhidas nas ações do feriadão.

Distrito Federal

A regional da PRF no Distrito Federal informou que ocorrerem 65 acidentes, que resultaram em 45 feridos e sete mortes. No mesmo feriado do ano passado, foram registrados 65 acidentes, 49 feridos e duas mortes.

De acordo com o inspetor Lucas Barbosa, a explicação para o aumento das mortes é “a falta de atenção e respeito à sinalização. Imprudência do motorista. No ano passado foi um dia a menos. [...] A polícia fez o trabalho dela, mas a pessoa tem que fazer a parte dela também”.

No Distrito Federal, 14 pessoas  foram notificadas e quatro presas por embriaguez durante o feriado, segundo o inspetor.

Minas Gerais

O balanço do total de acidentes divulgado nesta quarta-feira pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Minas Gerais mostrou que, em 2010, 11 pessoas morreram nas rodovias, contra 24 mortes registradas no ano passado, uma redução de 54% em relação a 2009.

Em Minas, na operação Sete de Setembro de 2010, os acidentes totalizaram 312, com 208 feridos. O número de acidentes em Minas, segundo a PRF, foi 36% menor que em 2009, quando chegaram a 480.

Postado por: Thatiane de Souza

veja também