SP tem 39 estações que medem a poluição do ar

SP tem 39 estações que medem a poluição do ar

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:49

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) tem 39 estações que medem a poluição em São Paulo. Por meio delas, é possível verificar como está a qualidade do ar nas regiões onde estão instaladas.

O ar entra por um equipamento que simula a respiração humana. Dentro da estação há diversos aparelhos. Cada um deles analisa um tipo de partícula diferente. A medição é feita instantaneamente. O resultado das medições feitas durante todo o dia é medido em uma bolinha. Quanto mais escura, mais poluição.

Entre tantos poluentes, dois se destacam por fazer muito mal à saúde: as partículas e o ozônio. As partículas são a poeira bem fina que sai do escapamento dos carros e se mistura com o pó que levanta do asfalto.

Já o ozônio é prejudicial quando fica na atmosfera. Ele se forma quando os raios de sol batem nos gases poluentes, formando várias reações químicas. Por isso, nos horários de mais sol e calor, o ozônio é que domina a poluição.

Entre abril e setembro, meses mais secos, as partículas se destacam. Já de setembro a março, quando a umidade é maior, o ozônio está mais presente.

Por isso, é bom evitar a exposição desnecessária aos poluentes. O ideal é fazer exercícios ao ar livre no início da manhã e longe dos carros, para tentar respirar menos poluição, ou durante a noite.      

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições