MENU

STF nega liminar contra Lei da Ficha Limpa.

STF nega liminar contra Lei da Ficha Limpa.

Atualizado: Sexta-feira, 9 Julho de 2010 as 10

O ministro Ayres Britto, do STF (Supremo Tribunal Federal), negou liminar que pedia a declaração de inconstitucionalidade do Ficha Limpa (Lei 135/2010).

Sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 4 de junho, o Ficha Limpa impede a candidatura de políticos que tenham sido condenados por órgão colegiado (composto por mais de um juiz).

A liminar havia sido proposta em 1º de julho por José Carlos Gratz (PSL), ex-presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo.

Nela, o ex-deputado dizia responder a mais de duzentas ações (civis e penais públicas), motivadas, segundo ele, por uma “campanha de demonização”. Gratz faz oposição a Paulo Hartung (PMDB), atual governador do Estado capixaba.

Na ocasião, Gratz pediu a suspensão de todas as consultas que envolvam a Lei da Ficha Limpa no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), além solicitar o direito de registrar sua própria candidatura na Justiça Eleitoral.

Ele argumentou que a nova legislação contraria entendimento do Supremo elaborado em 2008, pelo qual nenhum candidato é inelegível antes do julgamento de uma ação condenatória.

veja também