MENU

Sujeira no piscinão de Embu das Artes incomoda moradores

Sujeira no piscinão de Embu das Artes incomoda moradores

Atualizado: Quinta-feira, 12 Maio de 2011 as 1:02

Um piscinão construído para evitar enchentes anda trazendo dor de cabeça para os moradores do Jardim Independência, em Embu das Artes, na Grande São Paulo. Em 2009, o quadro ‘SPTV Comunidade’ visitou o bairro e registrou diversas reclamações. Uma delas era em relação às quatro bombas que deveriam retirar a água da chuva e que estavam quebradas.

Por causa do acúmulo de água e da sujeira, pernilongos e ratos incomodavam os moradores. A prefeitura prometeu que faria a limpeza e o Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE) faria o conserto das bombas.

Segundo a comerciante Marilu Araújo Carvalho, com o tempo o local voltou a ficar abandonado. “No começo foi uma maravilha. A prefeitura mandou cem homens para limpar, ficou uma beleza. Eles tamparam os buracos e retiraram a terra. O restante a gente está dependendo ainda das grades de contenção. Outra coisa é a água. Como não tem as quatro bombas, a água fica no fundo.”

As autoridades pedem 14 dias para realizar as melhorias. “A manutenção do mato e a limpeza a gente vai manter fazendo. Eu peço desculpas para o pessoal da cidade. O mato cresce muito, mas eu me comprometo com eles com a limpeza e a manutenção. Em 14 dias, todo o mato será tirado daqui”, diz o secretário de Serviço Urbano de Embu, Nelson José Pedroso.

Sobre a questão das máquinas e estrutura, o diretor de obras do DAEE, Ricardo Borsari, diz que a responsabilidade é da prefeitura. “Desde o momento em que foram construídos [os piscinões], a responsabilidade pela manutenção e operação foram transferidas para as prefeituras. Nós entendemos que existe uma dificuldade de fazer isso por parte das prefeituras, então o governador nos autorizou a colocar uma licitação para manutenção do conjunto dos piscinões da região metropolitana

construídos pelo DAEE.”          

veja também