MENU

Suspeita de bomba em frente à Assembleia de SP mobiliza o Gate

Suspeita de bomba em frente à Assembleia de SP mobiliza o Gate

Atualizado: Sexta-feira, 8 Abril de 2011 as 4:39

A Polícia Militar foi acionada para atender a uma ocorrência de suspeita de bomba na Avenida Sargento Mário Kozel Filho, em frente à Assembleia Legislativa de São Paulo, no Ibirapuera, na Zona Sul da capital paulista, por volta das 13h desta sexta-feira (8). O Grupo de Ações Táticas da Polícia Militar (Gate) seguiu para o local, que também é próximo do Comando Militar do Sudeste do Exército. Um saco preto foi deixado no canteiro central da avenida.

Segundo o coronel Carlos Eduardo Blanco, reponsável pela segurança da Assembleia há 18 anos, não houve alteração na rotina interna do parlamento. "Minha assessoria viu um pacote de médio porte no canteiro central e como manda o regulamento acionamos os especialistas na área", disse Blanco. De acordo com ele, o pacote está enrolado em um saco preto.  A polícia isolou a entrada da Assembleia pela Avenida Sargento Mário Kozel Filho.

Segundo o coronel,  houve cerca de dez ameaças de bomba dentro da Assembleia Legislativa de São Paulo nos últimos anos. "Felizmente, nenhuma delas se comprovou", afirmou o coronel. Segundo ele, em 2010, por exemplo, não houve registros de ameaças.

Por volta das 15h40, a Rua Sargento Mário Kozel Filho, que dá acesso ao estacionamento da Assembleia, continuava interditada para os trabalhos do Gate.        

veja também