MENU

Suspeita de simular doença da filha é ouvida em Sorocaba

Suspeita de simular doença da filha é ouvida em Sorocaba

Atualizado: Sexta-feira, 2 Março de 2012 as 9:02

Na tarde desta quinta-feira (1), a suspeita de simular que a filha tinha câncer emSorocaba, interior de São Paulo foi ouvida numa audiência na Vara da Infância e Jventude.

A mulher foi trazida do presídio de Tremembé para a audiência.

Um julho de 2011, a mulher foi indiciada por tortura e violência doméstica, após contar na igreja evangélica que frequentava, que a filha de quatro anos tinha câncer e que a família não tinha dinheiro para o tratamento. Os fiéis marcaram uma consulta com um médico especialista e a farsa foi revelada. Ela teria confessado que pretendia obter lucro financeiro com a doença fictícia.

Segundo testemunhas, a mulher estava sorridente e mudou de atitude ao notar que estava sendo filmada: ela se debateu e os policiais a levaram de volta para a sala de audiência.

O juiz pediu que a imprensa se retirasse do local. Oito testemunhas de defesa e acusação foram intimadas e ouvidas.

Uma das missionárias da igreja que levou a menina ao médico também prestou depoimento. Na ocasião, a criança apresentava ferimentos no corpo, que foram percebidos pelo médico e a polícia foi acionada. As duas crianças da suspeita estão num abrigo e o caso corre em segredo de justiça.

veja também