MENU

Suspeito de atropelar 2 bebês em carrinho fugia de agressão

Suspeito de atropelar 2 bebês em carrinho fugia de agressão

Atualizado: Terça-feira, 6 Março de 2012 as 11:45

A Polícia Civil de Santa Maria, na Região Central do Rio Grande do Sul, investiga o atropelamento dois bebês que estavam em um carrinho carregado pela mãe, de 20 anos, e uma irmã, de 3 anos, na tarde deste domingo (4). O estado de uma das crianças é grave. O suspeito, de 55 anos, foi preso em flagrante por homicídio doloso, no qual o autor do crime assume o risco de matar, e encaminhado ao Presídio Regional do município.

"Já chegou o auto da prisão. Agora estamos agilizando depoimentos de testemunhas, principalmente o da mãe da criança, que não tinha sido ouvida. Estamos providenciando perícias no carrinho (de bebê). Enfim, vamos trazer os elementos de provas", disse ao G1 o delegado Carlos Alberto Gonçalves, titular da 2ª Delegacia de Polícia do município.

Segundo a polícia, por volta das 13h30 de domingo, a mãe e os três filhos caminhavam na Rua Marista B quando um veículo Santana atingiu um carrinho de bebê onde estavam o menino de um ano e a irmã caçula, de 21 dias, ao fazer uma curva. Em depoimento, o suspeito justificou que fugia de dois homens que o agrediam.

Segundo Gonçalves, a mãe da criança ainda não prestou depoimento porque se encontra no Hospital Universitário de Santa Maria, onde a criança de um ano está internada em observação na UTI. De acordo com a administração do hospital, o estado do menino é regular, mas o caso é grave. Já a menina passa bem e deve ter alta nesta terça-feira (6).

"O delegado plantonista entendeu que autor agiu com dolo eventual. Isso caracteriza homicídio doloso. É diferente do homicídio culposo, que seria um acidente de trânsito. Os depoimentos e as demais diligências servirão para confirmar isto ou não", disse o delegado.

veja também