MENU

Suspeito de matar irmãs entra na lista dos mais procurados pela polícia

Suspeito de matar irmãs entra na lista dos mais procurados pela polícia

Atualizado: Quinta-feira, 31 Março de 2011 as 11:46

O suspeito de matar as irmãs Josely Oliveira, de 16 anos, e Juliana Oliveira, de 15, em Cunha, a 231 km de São Paulo, entrou para a lista dos 25 mais procurados pela Polícia Civil paulista. Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), Ananias dos Santos, de 27 anos, tem passagem por roubo, porte ilegal de armas, formação de quadrilha e constrangimento ilegal.

Os crimes aconteceram entre 2002 e 2003 em Lorena e Cachoeira Paulista, no Vale do Paraíba, no interior paulista. Ele atuava em uma quadrilha conhecida como "Irmãos Metralha", segundo a polícia. Ananias estava preso na Penitenciária de Tremembé, a 147 km de São Paulo, mas fugiu após receber benefício de saída temporária de Páscoa em 2009.

De acordo com as investigações, o jovem se interessou por Juliana, fato que despertou ciúmes na namorada, vizinha da família das vítimas. Segundo o Bom Dia Brasil, o pai das meninas prestou depoimento e disse que o suspeito do crime foi à casa dele após o desaparecimento e pediu para que ele escondesse um revólver. O rapaz fugiu no dia seguinte ao crime, de acordo com sua namorada.     Além do rapaz, também entrou na lista dos mais procurados Edimar Silvio das Neves, de 39 anos. Considerado de alta periculosidade, o homem fugiu da Penitenciária de Pacaembu, onde respondia por tráfico de drogas.

A prisão dos irmãos Anderson e Luciano dos Reis Vajda, mais conhecidos como Cigano e Ciganinho, possibilitou a atualização da lista. A dupla, que era considerada de alta periculosidade pela polícia, foi presa na cidade de Arcos, em Minas Gerais, na segunda-feira (28), após policiais da cidade reconhecê-la por meio das fotografias publicadas no G1 .

A polícia pede para quem tiver alguma informação sobre o paradeiro dos procurados ligar para os números de telefone: 181 (Disque –Denúncia), 197 (Polícia Civil), 190 (PM) ou mandar um e-mail para [email protected] .        

veja também