Suspensão de advogado de Bruno vai ser julgada dia 30, diz OAB-MG

Suspensão de advogado de Bruno vai ser julgada dia 30, diz OAB-MG

Atualizado: Segunda-feira, 22 Novembro de 2010 as 2:48

O pedido de suspensão preventiva do advogado Ércio Quaresma, que defende o goleiro Bruno Fernandes da acusação de envolvimento no desaparecimento e morte de Eliza Samudio, vai ser julgado na terça-feira (30). A data foi informada nesta segunda-feira (22) por meio de nota oficial assinada pela diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Minas Gerais (OAB-MG).

Um processo disciplinar contra Quaresma foi aberto na semana passada pela OAB-MG para apurar a conduta do advogado, que deu declarações públicas dizendo que é usuário de crack. Em entrevista ao jornal ‘O Dia’ publicada no sábado (13) e ao SBT, em reportagem exibida nesta terça-feira (16), Quaresma assumiu ser dependente de crack. A emissora mostrou um vídeo em que o advogado aparece consumindo a droga.

O julgamento, segundo o comunicado da OAB-MG, é sigiloso e vai ser realizado às 14h do dia 30, no Tribunal de Ética e Disciplina da seccional mineira. Caso o tribunal decida pela aplicação da penalidade, Quaresma vai ser afastado do processo em que defende o goleiro Bruno.   De acordo com a diretoria da OAB-MG, a sessão é realizada com ou sem a presença do notificado. O julgamento não é aberto para a participação de terceiros, pois a sessão tem a participação exclusiva de membros do tribunal.

Uma notificação foi enviada a Quaresma, via correio, segundo o presidente da OAB-MG. O G1 tentou falar com Quaresma até o fechamento desta reportagem para saber se ele já foi notificado. Às 14h00, a secretária do escritório Quaresma Advogados e Associados, em Belo Horizonte, informou que ele está na cidade, mas que os dois celulares pessoais estão desligado no escritório.  Caso Quaresma, a versão dele será registrada.

Ainda segundo a OAB-MG, o órgão está à disposição de Quaresma para ajudá-lo no tratamento da dependência de drogas.    

veja também