MENU

Temer pretende buscar consenso para votar reformas tributária e política neste ano

Temer pretende buscar consenso para votar reformas tributária e política neste ano

Atualizado: Quarta-feira, 4 Fevereiro de 2009 as 12

Temer pretende buscar consenso para votar reformas tributária e política neste ano

Se não forem votadas ainda este ano, as reformas tributária e política não devem sair do papel em 2010, disse há pouco o novo presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP).

Segundo ele, a idéia é discutir com os líderes da Casa para chegar ao consenso sobre as propostas ainda este ano. Na sua avaliação, a agenda política de 2010, com as eleições presidencial e dos governadores, vai inviabilizar a discussão das propostas.

"Ou fazemos as reformas tributária e política este ano ou não fazemos mais. Pretendo agilizar as discussões e lavá-las adiante, porque a partir de março e abril [de 2010] começam as discussões para a eleição presidencial e dos governadores", afirmou Temer.

A idéia das reformas, assinalou o novo presidente da Casa, já está madura no Parlamento. Ele lembrou que a semente foi plantada durante sua segunda gestão à frente da Câmara. "Plantamos a semente da reforma tributária. Na comissão especial, ela foi aprovada por unanimidade. Mas não foi possível levá-la ao plenário."

"Aqui na Câmara as coisas vão amadurecendo. Não podemos fazer reforma que desagrade a muitos setores. Tem que compor a questão federativa e a relação tributária entre estados, União e municípios. Toda vez que se fala de reforma está se falando de pacto federativo", argumentou o peemedebista.

veja também