Temporal derruba árvores e deixa moradores do RS sem luz

Temporal derruba árvores e deixa moradores do RS sem luz

Atualizado: Terça-feira, 6 Outubro de 2009 as 12

A chuva voltou a causar prejuízos para os moradores de várias cidades do Rio Grande do Sul, na segunda-feira, 5 de outubro. O vento derrubou uma árvore e os moradores tiveram que usar cordas e facões para liberar a rua.

Os ventos chegaram a mais de 80 quilômetros por hora no estado. Postes também foram derrubados e mais de 140 mil consumidores chegaram a ficar sem luz.

A região mais atingida foi a de Porto Alegre. Equipes da companhia de energia elétrica passaram a noite consertando os estragos. Nas ruas e avenidas, muitos semáforos pararam de funcionar.

Os bombeiros buscam dois rapazes que teriam saído com um barco e foram surpreendidos pelo temporal, em Porto Alegre. Um terceiro jovem que estava na embarcação já foi resgatado.

Em Uruguaiana, a chuva chegou acompanhada de granizo. Em Bagé, a água invadiu casas e os moradores saíram às pressas para tentar salvar os móveis.

A previsão é de mais temporais no estado nesta terça-feira, dia 6. As rajadas podem chegar a cem quilômetros por hora.

A chuva voltou a causar prejuízos para os moradores de várias cidades do Rio Grande do Sul, na segunda-feira, 5 de outubro. O vento derrubou uma árvore e os moradores tiveram que usar cordas e facões para liberar a rua.

Os ventos chegaram a mais de 80 quilômetros por hora no estado. Postes também foram derrubados e mais de 140 mil consumidores chegaram a ficar sem luz.

A região mais atingida foi a de Porto Alegre. Equipes da companhia de energia elétrica passaram a noite consertando os estragos. Nas ruas e avenidas, muitos semáforos pararam de funcionar.

Os bombeiros buscam dois rapazes que teriam saído com um barco e foram surpreendidos pelo temporal, em Porto Alegre. Um terceiro jovem que estava na embarcação já foi resgatado.

Em Uruguaiana, a chuva chegou acompanhada de granizo. Em Bagé, a água invadiu casas e os moradores saíram às pressas para tentar salvar os móveis.

A previsão é de mais temporais no estado nesta terça-feira, dia 6. As rajadas podem chegar a cem quilômetros por hora.

veja também