MENU

Tiroteio assusta clientes de uma casa de show no subúrbio do Rio

Tiroteio assusta clientes de uma casa de show no subúrbio do Rio

Atualizado: Sexta-feira, 15 Outubro de 2010 as 8:46

Um tiroteio entre suspeitos e policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), no início da madrugada desta sexta-feira (15), na Penha, no subúrbio do Rio, assustou quem voltava para casa e clientes que saíam de uma casa de show.

A movimentação dos homens do Bope foi intensa. Os policiais usaram um carro blindado. Foram várias sequências de tiros. Havia muita gente na rua, no momento do confronto. As pessoas que saíam de um baile funk na casa de show tiveram de se esconder.

Segundo testemunhas, o tiroteio começou quando criminosos do Morro da Fé se preparavam para fazer assaltos e encontraram um carro da Polícia Militar, que fazia patrulhamento na região. Os suspeitos chegaram a atirar contra uma van. Não há informações sobre feridos.

Dois carros foram queimados na região.   Assaltos em Costa Barros

Uma mulher foi baleada de raspão na noite de quinta-feira (14) durante um assalto na Avenida Pastor Martin Luther King Júnior, em Costa Barros, no subúrbio. Segundo a PM, ela foi ferida por criminosos que assaltavam motoristas, na altura do Morro da Pedreira. Não há informações de outros feridos. Policiais da 39º DP (Pavuna) informaram que, pelo menos, outras dez pessoas foram assaltadas pelos mesmos criminosos na mesma via.

O crime aconteceu por volta das 21h desta quinta-feira, na pista sentido Madureira, também no subúrbio. De acordo com as primeiras informações da polícia, a vítima e um casal de amigos passavam de carro pela avenida, quando foram rendidos por criminosos armados com pistola e metralhadora.

A vítima, ainda segundo a polícia, teria sido baleada após ter se assustado com a ação dos criminosos. A mulher foi socorrida no Hospital estadual Getúlio Vargas, na Penha, no subúrbio. A sala de polícia do hospital informou que ela foi atingida de raspão na axila, foi medicada e liberada em seguida.    

veja também