MENU

Tiroteio dentro do shopping Morumbi causa pânico

Tiroteio dentro do shopping Morumbi causa pânico

Atualizado: Segunda-feira, 7 Fevereiro de 2011 as 4:08

Um tiroteio dentro do Shopping Morumbi, na zona sul de São Paulo, causou medo entre os clientes que frequentavam o local, por volta das 14h desta segunda-feira (7). O centro de lojas fica no bairro Morumbi, área nobre da cidade de São Paulo.

Cerca de cinco homens armados invadiram o shopping, informou a assessoria de imprensa do centro comercial.

Inicialmente, a Polícia Militar suspeitava que os assaltantes teriam invadido uma agência bancária no local. Logo em seguida, porém, a assessoria de imprensa do Shopping Morumbi informou que os assaltantes tentaram roubar a joalheria Dryzun dentro do centro de compras.

O shopping ainda não tem informações sobre objetos roubados da Dryzun, que fica próxima à praça de alimentação.

Uma funcionária da Dryzun, que não quis se identificar, disse que os ladrões não fizeram reféns. Ela não soube informar qual era o valor do prejuízo da joalheria.

- Eles destruíram a parte interna da vitrine com marreta, para levar alguns relógios. Os assaltantes pegaram os produtos e colocaram dentro do saco.

A subgerente de uma loja de roupas do shopping contou que houve tumulto durante a invasão dos assaltantes. Segundo a funcionária, que também não quis se identificar, os homens entraram apenas na joalheria.

- Eles logo foram embora, mas durante o assalto teve muito tumulto por causa do tiroteio. Todos os lojistas fecharam as portas.

Ainda segundo a subgerente, a reabertura das lojas só foi autorizada pela segurança do shopping por volta das 14h20. De acordo com a assessoria do shopping, por volta das 14h30, o centro comercial funcionava normalmente.

A Polícia Militar disse não ter informações do número de assaltantes que participaram da ação e se há vítimas após o tiroteio.

No dia 17 de outubro, um segurança do shopping Center Norte , na zona norte da capital, ficou gravemente ferido após ser atingido em trocas de tiros com assaltantes. O funcionário levou um tirou no peito ao tentar enfrentar os criminosos. O bando quebrou a vitrine e roubou peças de mostruários em exibição.

Refém

De acordo com uma funcionária de uma loja de roupas, uma colega foi feita refém por dois dos bandidos. Pouco antes da confusão começar, a mulher foi tomar água e acabou se deparando com os bandidos em uma escada.    Os bandidos a agarraram e encostaram uma arma na cabeça dele. Logo depois, sempre de acordo com o testemunha da funcionária, um segurança surgiu exigindo que a mulher fosse solta. Após um diálogo tenso, o segurança acabou largando a arma. Os bandidos soltaram a mulher e fizeram o segurança de refém.

Assustada, a mulher voltou para a loja onde trabalhava e não soube o que aconteceu com o segurança depois. A funcionária feita refém foi dispensada pelo gerente da loja e voltou para casa.

Pânico na rede social

Instantes depois do assalto, o Twitter já registrava as palavras Shopping Morumbi como as mais mencionadas entre os usuários brasileiros. O internauta Diego Dumont chegou a postar uma foto do lugar onde ele se escondeu durante a confusão.

Em entrevista ao R7 , ele relatou que tomava um café na praça de alimentação do shopping quando começou a confusão. O tiroteio durou cerca de dez minutos. As lojas permaneceram trancadas por 40 minutos, de acordo com Dumont.    

veja também