MENU

TJ-RJ decreta prisão preventiva de português suspeito de matar mulher

TJ-RJ decreta prisão preventiva de português suspeito de matar mulher

Atualizado: Terça-feira, 1 Novembro de 2011 as 2:35

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) decretou a prisão preventiva de um português suspeito de matar uma mulher, também portuguesa. O crime aconteceu em dezembro de 2009, em Saquarema, na Região dos Lagos. A informação foi confirmada pela assessoria do TJ-RJ, nesta terça-feira (1º).

De acordo com o juiz Ricardo Pinheiro Machado, da 2ª Vara da Comarca de Saquarema, os fatos mostram fortes indícios de que o português, que é advogado, é o autor do crime e, que ainda segundo o magistrado, a liberdade do suspeito gera perigo à instrução criminal, já que ele é cidadão estrangeiro, não residente no Brasil, elementos que inspiram maiores cuidados.

“Observe-se que desde a instauração do Inquérito Policial o acusado em nada colaborou com as investigações, criando dificuldades para a apuração dos fatos, situação que demonstra que o mesmo não pretende se submeter à aplicação da lei penal, o que reforça a necessidade de sua segregação cautelar”, explicou o juiz.

Motivo do crime

Segundo a denúncia do Ministério Público, o crime  teria sido motivado porque a vítima se recusou a isentar o advogado da responsabilidade na participação em fraude do espólio do companheiro dela, um milionário.    

veja também