MENU

Travesti é suspeito de matar pedreiro com golpe de faca em Mato Grosso

Travesti é suspeito de matar pedreiro com golpe de faca em Mato Grosso

Atualizado: Segunda-feira, 31 Outubro de 2011 as 1:09

A Polícia Civil de Sorriso, a 420 quilômetros de Cuiabá, investiga as causas que motivaram o assassinato de um homem de 31 anos em um distrito do município de Nova Ubiratã, a 506 quilômetros da capital, neste domingo (30). De acordo com a polícia, o pedreiro foi morto ao ser atingido por um golpe de faca na região do abdômen. O suspeito do crime foi identificado e preso. Conforme a polícia, trata-se de um jovem de 24 anos, homossexual e travesti. Ainda no domingo ele prestou depoimento à polícia por cerca de uma hora. Ao G1 , o escrivão de Polícia Civil Pedro Moreira Fernandes disse que o suspeito contou que uma discussão originou a ocorrência no distrito de Água Limpa, distante 160 quilômetros de Sorriso.

"O travesti alega que estava sendo ameaçado pela vítima. Saíram correndo na rua, um atrás do outro. O suspeito parou de correr e quando a vítima foi agredi-lo, o suspeito atingiu a vítima na altura do abdômen", declarou o policial civil. Ainda segundo o agente, o travesti contou que discutia com o namorado quando a vítima envolveu-se no caso e, a partir disso, passou a ameaçar o suspeito.

"O travesti tem um namorado e eles discutiam. Foi quando a vítima entrou [no caso]", salientou Pedro Moreira Fernandes. Pouco após o crime, o suspeito, de acordo com a polícia, fugiu em direção ao município de Paranatinga, a 411 quilômetros da capital. "Foi em direção a um vilarejo chamado Santiago do Norte, mas os policiais conseguiram alcançá-lo já a 220 quilômetros de Sorriso", acrescentou ainda o escrivão.

O corpo do pedreiro foi trasladado para o município de Rio Verde, em Mato Grosso do Sul, onde moram os familiares da vítima.

veja também