MENU

TRE reprova contas do PT-SP e mantém suspensão de verbas

TRE reprova contas do PT-SP e mantém suspensão de verbas

Atualizado: Quarta-feira, 18 Maio de 2011 as 4:16

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) julgou as contas do Partido dos Trabalhadores (PT) da capital paulista em relação ao exercício de 2006 e reprovou novamente a prestação, nesta terça-feira (17). A votação, unânime, manteve por mais um ano a suspensão do repasse de novas verbas do fundo partidário ao diretório municipal da sigla.

Entre as diversas irregularidades encontradas no relatório está a diferença de R$ 400.444,09 entre os depósitos informados e as receitas declaradas, além do lançamento de R$ 163.889,32 para a verba do fundo partidário sem acusar o recebimento do recurso. A assessoria do TRE-SP ainda informou irregularidades técnicas como a ausência de assinaturas em certos documentos e a falta de comprovoção etária em outros.

O julgamento manteve a decisão do juiz, relativa ao ano de 2006, quando houve eleições para escolher presidente, governadores, senadores e deputados estaduais. O resultado ainda não saiu no “Diário Oficial”, mas caberá recurso do partido ao TSE após a publicação.        

veja também