MENU

Trecho da BR-116 é reaberto entre Teresópolis e Além Paraíba

Trecho da BR-116 é reaberto entre Teresópolis e Além Paraíba

Atualizado: Quarta-feira, 19 Janeiro de 2011 as 1:08

O trecho da BR-116 (Rio-Teresópolis-Além Paraíba), que estava interditado por causa das fortes chuvas na Região Serrana , foi reaberto. O tráfego estava interrompido do km 71, em Três Córregos, ao km 2, no entroncamento com a BR-393, em Além Paraíba. Segundo a Concessionária Rio Teresópolis (CRT), os veículos voltaram a circular normalmente no fim de terça-feira (18).

Em nota, a empresa solicita que os motoristas tenham atenção redobrada entre os quilômetros 75 e 50, onde existem alguns trechos em sistema de pare e siga, com o tráfego fluindo pelo acostamento.

O tráfego continua num sistema de pare e siga o trecho da BR-116, entre os kms 104 e 89, na Serra dos Órgãos. No local está sendo construída uma terceira faixa na pista.

Desde o dia 11, mais de 700 pessoas morreram vítimas da tragédia na Região Serrana.

Na BR-040 (Rio-Juiz de Fora), as pistas estão livres até a Serra de Petrópolis. No trecho de Itaipava, distrito de Petrópolis, o trânsito está em meia pista no sentido Juiz de Fora, no km 9, por causa de queda de barreira e, no km 43, devido a obras na pista. No sentido Rio, estão sendo realizadas obras nso km 34, em Três Rios.

Trecho da BR-040 será fechado na madrugada desta quarta-feira

O trecho entre os quilômetros 80 (Petrópolis) e 104 (Duque de Caxias) da pista de descida da BR-040 será fechado para tráfego de veículos, a partir de 0h01 desta quinta-feira (20). O motivo é a passagem de uma carreta de grande porte, que porte subirá a Serra de Petrópolis por aquela pista. A operação especial deve ser concluída em até duas horas. A pista de subida vai operar normalmente.

Com 70 toneladas de equipamentos e 27 metros de comprimento, o veículo fará duas paradas - nos quilômetros 89 e 82 - para que a Polícia Rodoviária Federal possa reabrir o tráfego. A carreta seguirá para Divinópolis, em Minas Gerais. A reversão de mão da pista de descida pode ser cancelada se houver temporal.

Estradas estaduais

Já nas rodovias estaduais, a situação ainda é complicada, mas as estradas começam a ser liberadas. Um desvio feito na RJ-148, que liga Nova Friburgo a Carmo, voltou a permitir o tráfego na região. A RJ-130 (Teresópolis-Nova Friburgo) está com o trânsito monitorado e liberado em meia pista, devido à queda de inúmeras barreiras e algumas erosões. A passagem deve ser feita com muita atenção, apenas para veículos leves.

A RJ-150, rodovia que liga Nova Friburgo a Amparo, está com tráfego liberado até Amparo. O DER está atuando para a liberação total da rodovia até quinta-feira (20). Já a rodovia RJ-242 está em meia-pista em diversos trechos entre a RJ-130 até Campinas, distrito de Nova Friburgo.

A estrada que liga Nova Friburgo a Casimiro de Abreu (RJ-142) está com o tráfego liberado ao longo de toda sua extensão, depois da retirada de inúmeras barreiras. No entanto, a RJ-172, que faz a ligação entre Macuco e Manuel de Moraes, segue liberada apenas para veículos leves, com limitador de altura no local, para controlar o acesso de uma ponte que teve a estrutura abalada.

A RJ-146 dá passagem somente até a entrada de Bom Jardim, devido às pontes que caíram. Segundo o DER, é possível chegar ao município o acesso é pela RJ-184, em Conceição de Macabu, depois pela RJ-174, em Trajano de Moraes e, por último utilizar a RJ-146 em Visconde do Imbé.

A RJ-162 está em meia pista do km 73 ao km 74, na localidade de Tapera. Um bueiro estourou arrebentando parte do asfalto da estrada. Equipes estão no local trabalhando para liberar o trânsito. Essa rodovia liga o município de Rio das Ostras ao município de Glicério, passando por Casimiro de Abreu e pela região serrana de Macaé.

RJ-194 e RJ-134 interditadas

A RJ-194 segue interditada. O mesmo acontece com a RJ-134, fechada desde a entrada de São José do Vale do Rio Preto até a BR-116 devido a várias quedas de barreiras e quedas de pontes.

Segundo a concessionária Rota 116, a estrada Itaboraí-Macuco-Nova Friburgo (RJ-116) opera no sistema siga e pare no km 75, em Muri. No km 92, na localidade do Vale do Tainá, a passagem só pode ser feita por veículos leves, por uma passagem secundária aberta emergencialmente. Uma ponte provisória será instalada na estrada para permitir a passagem de veículos pesados.      

veja também