MENU

Troca de acusações marca debate em Rondônia

Troca de acusações marca debate em Rondônia

Atualizado: Sexta-feira, 29 Outubro de 2010 as 11:28

O debate entre os candidatos a governador de Rondônia começou na noite desta quinta-feira com troca de acusações e seguiu da mesma forma, sem que houvesse apresentação de propostas.

Confúcio Moura (PMDB) acusou seu adversário, o governador João Cahulla (PPS), candidato à reeleição de baixar "o nível da campanha". "Foi ao limite extremo do jogo duro, do jogo sujo. O segundo turno só teve golpe baixo", acrescentou.

"Vem dizer para mim que eu baixe o nível, quando não foi eu que te chamei de terrorista. Você [é que] me chama de terrorista", rebateu Cahulla, que tem apoio do senador eleito e ex-governador Ivo Cassol (PP).

Valdir Raupp, senador reeleito pelo PMDB, apoia Confúcio e diz que ele será parceiro de Dilma Rousseff (PT), se ela for eleita presidente.

Por: Hudson Corrêa

veja também