TSE inicia distribuição de programas para lacrar urnas eletrônicas

TSE inicia distribuição de programas para lacrar urnas eletrônicas

Atualizado: Quarta-feira, 25 Agosto de 2010 as 3:11

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começou nesta terça-feira (24) a enviar aos tribunais regionais eleitorais os programas para habilitação das urnas eleitorais de outubro. O sistema, conhecido como “lacração de sistema”, será realizado até o dia 2 de setembro.

Os programas terão um lacre físico e uma proteção digital –uma assinatura de 128 dígitos que identifica cada urna eletrônica. “O objetivo é assegurar que o software da urna não seja modificado de forma intencional, pois no caso de o arquivo ser alterado, a assinatura não será mais válida”, informou o TSE, em nota.

A nova geração de urnas eletrônicas que será utilizada em algumas cidades nesta eleição traz como novidade a “memória de resultado”, uma espécie de pen-drive que registra os votos. A tecnologia anterior usava um disquete, que se tornou obsoleto. Outro ponto positivo das novas urnas, segundo o TSE, é a leitura da digital do eleitor para liberar a votação. O sistema será usado em apenas algumas cidades brasileiras com menos de 20 mil habitantes.

Urnas no DF

O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) recebeu 6.362 novas urnas eletrônicas para as eleições deste ano. Do total, 550 serão usadas por eleitores residentes no exterior. De acordo com o TSE, há mais de 200 mil eleitores brasileiros no exterior, vivendo em 152 países.

As urnas para sessões eleitorais no exterior serão programadas, lacradas e distribuídas no dia 13 de setembro. As urnas de Brasília passarão por esse mesmo processo entre os dias 21 e 28 de setembro.

No total, serão usadas 5.212 na eleição no Distrito Federal. Outras 600 serão mantidas de reserva para o caso de algum equipamento não funcionar no dia da votação. Na eleição anterior, apenas duas urnas apresentaram problemas, segundo o TRE-DF.

Postado por: Thatiane de Souza

veja também