MENU

Tucanos mineiros garantem empenho pró-Serra

Tucanos mineiros garantem empenho pró-Serra

Atualizado: Terça-feira, 5 Outubro de 2010 as 1:01

Com um saldo positivo em conta após a sua eleição e do candidato ao governo mineiro, Antonio Anastasia (PSDB), o senador eleito Aécio Neves (PSDB) entra, nesta terça-feira (5) nas negociações em favor do presidenciável tucano José Serra para o segundo turno das eleições. Fortalecido após o pacote vitorioso, que inclui, ainda, o senador eleito Itamar Franco (PPS), Aécio adotou discurso de empenho em nome do concorrente tucano.

As conversas começaram nesta segunda-feira (4) mesmo, em Minas, onde Serra esteve ao lado do governador eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin, para o velório do pai de Aécio, o ex-deputado federal Aécio Cunha, morto no domingo de eleições. Considerado Estado estratégico e com palanque pronto para Serra, Minas será visada pela cúpula tucana, já que poderá definir a disputa presidencial neste segundo turno entre Serra e Dilma Rousseff (PT).

Deputado federal mais votado este ano em Minas, o secretário nacional do PSDB, Rodrigo de Castro, garante que os tucanos mineiros não farão corpo mole. Ele faz questão de ressaltar, como quem já se antecipa a potenciais cobranças, que o primeiro turno era uma outra realidade, já que Aécio teve que suar para vender seu candidato, Anastasia, então totalmente desconhecido do eleitorado mineiro. "Tivemos uma eleição duríssima para o governo do Estado. O resultado, inclusive, não retrata o que as pesquisas indicavam", destaca. Pelos levantamentos anteriores à eleição, a previsão era de que a diferença de votos entre Anastasia e o segundo colocado, Hélio Costa (PMDB), seria muito menor que os 28% cravados pelo governador eleito. Castro garante que Aécio, com o "dever de casa" feito em Minas, vai cumprir seu papel neste segundo turno com "todo empenho".

As cobranças do ninho paulista não serão poucas. Os ânimos serão postos à prova pessoalmente já nesta quarta-feira (6), em São Paulo, em uma reunião entre caciques do PSDB, PPS e DEM, com convite extensivo ao PV de Marina Silva. Esta, aliás, com seus 20% de votos, tornou-se a "noiva" mais requisitada das últimas disputas presidenciais do Brasil.

Postado por: Guilherme Pilão

veja também