MENU

Túnel 'Nove de Julho' tem iluminação modernizada

Túnel 'Nove de Julho' tem iluminação modernizada

Atualizado: Sexta-feira, 29 Agosto de 2008 as 12

Projeto de Eficiência Energética vai trocar todos os equipamentos antigos por nova tecnologia, instalar sistema de iluminação com lâmpadas de indução eletromagnéticas mais econômicas e duradouras e contra furto de cabos; consumo anual de energia elétrica terá redução de 76%

A AES Eletropaulo iniciou em 13 de julho a obra de modernização da iluminação do túnel Daher Cutait, mais conhecido como Nove de Julho. O projeto de Eficiência Energética faz parte de um convênio firmado neste ano entre a concessionária e a Prefeitura Municipal de São Paulo. O investimento total neste projeto é de R$ 1,34 milhão. A obra vai abranger os dois túneis em sentidos opostos (Centro-Bairro/Bairro-Centro), totalizando uma extensão de aproximadamente mil metros.

A nova iluminação da pista sentido Centro-Bairro do túnel Nove de Julho será entregue hoje, 28 de agosto, às 23h30. A partir desse horário, representantes e técnicos da AES Eletropaulo, das Secretarias de Serviços e Coordenação de Subprefeituras e do Departamento de Iluminação Pública (Ilume) vão acompanhar os testes do novo sistema instalado. A pista sentido Bairro-Centro será entregue na segunda quinzena de setembro. Para executar o restante da obra, a concessionária vai trabalhar nas noites de domingo à quinta-feira, das 23h30 às 05h, com apoio da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Ao final do projeto, serão trocadas 460 lâmpadas de vapor de sódio por 412 projetores com lâmpadas de indução eletromagnética, tecnologia que possui maior vida útil - em torno de 100 mil horas - e suave depreciação luminosa ao longo do tempo. Estas lâmpadas estão sendo instaladas em novas luminárias com proteção especial, que visa facilitar a manutenção e limpeza do túnel com jatos d'água, causando menos transtornos ao trânsito local.

A expectativa é que essa modernização possa reduzir em aproximadamente 76% do consumo de energia elétrica anual do túnel. "Este projeto vai economizar mais de R$ 500 mil por ano aos cofres públicos. Além disso, a nova iluminação está sendo adequada à norma técnica, reduzindo as diferenças de luminosidade de forma gradativa, principalmente na entrada do túnel. Desta forma, aumenta o nível de conforto e de segurança dos usuários", ressalta o diretor de Desenvolvimento de Mercado da AES Eletropaulo, Luiz Hernandes.

A nova iluminação trará melhor percepção de cores e detalhamento de objetos. Este novo sistema também vai permitir o acendimento automático e instantâneo das lâmpadas caso ocorram surtos no fornecimento de energia elétrica - o sistema atual leva aproximadamente 15 minutos para o restabelecimento da iluminação. O projeto ainda contemplou a substituição da atual rede elétrica e a centralizou no teto do túnel com o objetivo de dificultar o furto de cabos, um dos principais causadores da falta de iluminação pública.

veja também