MENU

Uma colisão entre dois trens causa a interrupção da Linha 3-Vermelha do Metrô de SP

Passageiros são socorridos após acidente na Linha Vermelha

Atualizado: Quarta-feira, 16 Maio de 2012 as 10:52

Uma colisão entre dois trens causa a interrupção da Linha 3-Vermelha do Metrô de São Paulo, em um trecho na Zona Leste. Após o incidente, as demais linhas operam com velocidade reduzida por volta das 10h30 desta quarta-feira (16).


O Metrô informa que o incidente ocorreu entre as estações Carrão e Tatuapé, mas não soube dizer a origem do problema.  O Centro de Controle da empresa está apurando o motivo do ocorrido.
Imagens registradas pelo helicóptero da TV Globo mostram que diversos carros dos bombeiros prestavam atendimento a vítimas às 10h30. Duas composições estavam paralisadas na via  e passageiros aguardavam do lado de fora, ao lado dos trilhos.

 A linha operava com velocidade reduzida às 10h10, junto com a linha 1-Azul e a 2-Verde. Segundo a assessoria da empresa, a estação tem uma área de manobra, então há possibilidade de o trem mudar de via e continuar caminho. O acidente ocorreu entre a estação Tatuapé e Carrão, segundo o Metrô.

Imagens registradas pelo helicóptero da TV Globo mostram que diversos carros dos bombeiros prestavam atendimento a vítimas às 10h30. Duas composições estavam paralisadas na via  e passageiros aguardavam do lado de fora, ao lado dos trilhos.

Segundo a assessoria da empresa, a estação tem uma área de manobra, então há possibilidade de o trem mudar de via e continuar caminho. O acidente ocorreu entre a estação Tatuapé e Carrão, segundo o Metrô.


Motivo do choque, segundo sindicato
Segundo o secretário-geral do Sindicato dos Metroviários, Paulo Pasin, houve um choque entre duas composições devido a uma falha no sistema de automatização do Metrô. O sindicalista, que estava em reunião com dirigentes do Metrô para discussão de propostas salariais na hora do acidente, diz ter recebido informações de que o sistema automático que faz um trem parar quando outro está à frente não funcionou.
"Não pode ter havido falha humana porque esse sistema é automático. Quando há um trem à frente, a composição atrás recebe um código de via. Se o código é zero, o trem para. Houve uma falha no sistema e o equipamento mandou um sinal diferente disso, por isso a composição atrás seguiu, pelo que parece", disse Pasin. "Em 20 anos de Metrô, eu nunca vi nada disso acontecer."

Ônibus
Segundo a SPTrans, todas as linhas de ônibus que circulam na Radial Leste estão seguindo direto até a estação Tatuapé do Metrô, deixando de atender as estações Itaquera, Arthur Alvim, Patriarca, Guilhermina Esperança, Vila Matilde, Penha, e Carrão.

A integração das linhas de ônibus com as estações do Metrô está suspensa devido a acidente entre trens nas proximidades da estação Carrão.

Trânsito
A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrava 65 km de lentidão em São Paulo por volta das 11h desta quarta, índice considerado acima da média. No horário, a Radial Leste estava com 5,4 km de filas no sentido Centro, entre a Praça Divinolândia até o Viaduto Conselheiro Carrão.

veja também