MENU

Unicamp afasta professor flagrado fumando narguilé com adolescentes

Unicamp afasta professor flagrado fumando narguilé com adolescentes

Atualizado: Sexta-feira, 14 Outubro de 2011 as 1:59

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) decidiu que vai afastar o professor que aparece em um vídeo fumando narguilé com adolescentes em uma sala de aula do Colégio Técnico de Limeira (Cotil), em Limeira, no interior de São Paulo. As imagens, gravadas no fim de 2010, foram divulgadas em janeiro deste ano. Na época, a instituição abriu uma sindicância interna, que apontou como falha grave a atitude do docente, e em seguida um processo administrativo disciplinar para decidir se ele seria punido.   O resultado foi divulgado no fim da manhã desta sexta-feira (14). Ficou definido que o docente será afastado da função por 90 dias. Atualmente, ele não está trabalhando porque está em licença médica. Ele só deve retornar em janeiro – depois disso, a punição começa a ser aplicada.

As imagens mostram um grupo composto por menores e o professor em uma roda, dividindo cigarros e o narguilé (espécie de cachimbo d’água que funciona com fumos especiais com sabores diferentes). A escola fica dentro de um campus da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Os alunos estudam em período integral e têm aulas do ensino médio e técnico. A venda deste objeto é proibida para adolescentes em São Paulo desde 2009.

Em agosto, o Ministério Público (MP) decidiu arquivar o inquérito que investigava o caso. O promotor Nelson Peixoto, responsável pelo caso, tomou a decisão porque achou que a instituição já havia tomado as medidas necessárias.

Mãe encontrou vídeo

A mãe de um rapaz de 15 anos que aparece nas imagens denunciou a prática. Segundo ela, todos os que aparecem no vídeo são menores. A mulher, que não quis que seu nome fosse divulgado, descobriu as imagens no computador de casa. "Foram os alunos que combinaram com o professor. Agora eu não sei de quem partiu isso, e quem que autorizou”, afirmou.

Os alunos envolvidos também foram suspensos por sete dias. Eles também passaram por acompanhamento social, psicológico e educacional. A reitoria ainda aplicou pena de advertência a uma inspetora de alunos, "por não ter tomado medidas preventivas suficientes para coibir o uso de tabaco no campus", segundo nota enviada pela Unicamp.        

veja também