MENU

Unifesp decide adotar o novo Enem no seu vestibular

Unifesp decide adotar o novo Enem no seu vestibular

Atualizado: Quinta-feira, 23 Abril de 2009 as 12

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) decidiu participar do vestibular unificado das universidades federais, proposto pelo Ministério da Educação, e passará a adotar o novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o ingresso já no seu próximo vestibular.

A decisão de aderir ao vestibular unificado cabe a cada universidade, que tem autonomia para definir se e quando irá adotar. A questão ainda está sendo debatida pela maior parte das instituições, isso porque a aprovação depende de votação nas suas comissões e conselhos internos. É provável que ocorram as definições até o fim de abril ou início de maio para haver tempo hábil de aplicar já no próximo processo seletivo.

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul anunciou que não irá usar o Enem neste ano, mas não descarta incorporar o novo vestibular nos próximos anos. A Universidade Federal da Bahia deverá adotar o Enem para selecionar os novos estudantes do bacharelado interdisciplinar, mas, para os cursos tradicionais, o formato de seleção não sofrerá alterações.

Unifesp

Ainda não há uma definição se será usada somente a nota do Enem ou se haverá uma segunda fase, aplicada pela própria instituição. Os coordenadores de cada curso deverão resolver isso até o final de maio.

A decisão foi aprovada na quarta-feira à tarde pelos membros do Conselho Universitário e do Conselho de Graduação. A opção da Unifesp será levada para a Associação Nacional dos Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) no início da próxima semana.

Medicina

Segundo a universidade, cursos mais antigos e disputados, como o de medicina, provavelmente deverão adotar o Enem como primeira fase de seu vestibular, mas outros cursos poderão usar o Enem como fase única.

A intenção é que o novo modelo ajude a trazer mais estudantes a cursos que passaram a ser fornecidos nos últimos anos pela Unifesp, como serviço social (campus Santos), letras-português (campus Guarulhos), tecnologias oftálmica e radiológica (campus Vila Clementino) e matemática computacional (campus São José dos Campos).

O novo formato do Enem terá 200 questões de múltipla escolha e uma redação. As provas serão aplicadas em dois dias _o MEC prevê realizar nos dias 3 e 4 de outubro. Entre as áreas abordadas estão linguagens (50 testes e redação), ciências humanas (50 testes), ciências da natureza (50 testes) e matemática (50 testes).

veja também