MENU

Urbs cancela demissão de funcionária com câncer no Paraná

Urbs cancela demissão de funcionária com câncer no Paraná

Atualizado: Sexta-feira, 15 Abril de 2011 as 12:24

A Urbanização de Curitiba (Urbs) anunciou por meio de uma nota oficial, na tarde de quinta-feira (14), o cancelamento da demissão da auxiliar de serviços gerais, Patrícia Mello Felicori. A auxiliar  havia sido desligada da empresa na segunda-feira (4) depois de ter se afastado do emprego por seis dias porque soube que estava com câncer. Patrícia teria sido demitida porque seu supervisor  notou que ela não estava desempenhando bem a função para a qual havia sido indicada.

A auxiliar de limpeza passou em um concurso público realizado pela Prefeitura de Curitiba em 2009 e começou a trabalhar na Urbs no dia 10 de março de 2011.

  A Urbs informou que apesar da demissão ter ocorrido de acordo com a lei, o presidente do órgão, Marcos Isfer, decidiu cancelar o ato depois de receber informações mais detalhadas sobre a gravidade da doença de Patrícia.  "A funcionária não foi demitida em período de atestado médico e não comprovou que estaria incapacitada para o trabalho", disse.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Urbanização do Estado do Paraná (Sindiurbano), Valdir Mestriner, afirmou que a demissão foi um caso de 'discriminação'. "A demissão causou um sentimento de que se tratava de perseguição e preconceito".

Patrícia disse ao G1 que ficou feliz com a notícia e que a única coisa que tem em mente nesse momento é cuidar da saúde. "Vou me apresentar na empresa hoje (15) e levar uma carta de reintegração junto com um atestado porque vou fazer uma cirurgia amanhã (16)  para retirar o tumor e os dois ovários. Eu estou feliz com a decisão do presidente da Urbs, só não entendi porque ele disse que me demitiu de acordo com a lei (...) se for assim, porque fui readmitida então?", finalizou.      

veja também