MENU

UTI de dois hospitais de Mato Grosso estão isoladas por superbactéria

UTI de dois hospitais de Mato Grosso estão isoladas por superbactéria

Atualizado: Sábado, 15 Janeiro de 2011 as 11:14

As UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) de dois hospitais de Mato Grosso estão isoladas desde quinta-feira (13), após exames detectarem a presença de uma colônia da superbactéria KPC (Klebsiella pneumoniae carbapenemase) em uma paciente que morreu na madrugada de quinta. A causa da morte, no entanto, não foi a infecção pela superbactéria.

A mulher, de 21 anos, que estava internada desde o dia 6 no Hospital Universitário Júlio Müller, em Cuiabá (MT), havia sido transferida da UTI do Hospital regional de Sorriso (420 km de Cuiabá), onde ela morava.

"Estamos fazendo coletas de exames de vigilância nos pacientes internados e nos que receberam alta e que tiveram contato com a paciente. Novas internações, por enquanto, estão suspensas", disse Oberdan Lira, superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria Estadual de Saúde.

Segundo Lira, a paciente apresentava quadro de febre alta, vômitos, pneumonia e perda de sensibilidade em partes do corpo.

Como a colonização da KPC foi detectada apenas em um exame de fezes, mas não na hemocultura, o superintendente diz que não é possível atribuir a morte à infecção pela superbactéria. "Esse exame, que permite uma avaliação mais sistêmica, não apresentou a KPC. O que foi confirmada, portanto, é a presença da colonização."

veja também