MENU

'Vanity Fair' teve pior venda em 12 anos com Justin Bieber na capa

'Vanity Fair' teve pior venda em 12 anos com Justin Bieber na capa

Atualizado: Quarta-feira, 6 Julho de 2011 as 12:19

A revista "Vanity Fair" caminha para atingir seu pior número em vendas em 12 anos com sua edição de fevereiro, cuja capa dedicou ao ídolo pop Justin Bieber, informou nesta terça-feira (5) o site da revista americana "Hollywood Reporter".

De pouco serviram os mais de 10 milhões de seguidores de Bieber no Twitter - que na foto da capa da revista aparece de camisa e gravata, sorridente e repleto de marcas de batom - para impedir o tropeço da revista.

Segundo os primeiros relatórios do Audit Bureau of Circulation (Escritório de Auditoria da Difusão), a "Vanity Fair" vendeu 246 mil cópias da sua edição de fevereiro, embora os números não sejam definitivos e possam mudar ligeiramente.

"Quem iria adivinhar que os adolescentes de 12 anos não compram revistas?", rebateu de forma irônica um porta-voz da "Vanity Fair" através de um comunicado.

Se os números forem confirmados, a capa de Bieber será a que terá registrado o menor valor em vendas desde julho de 1999, quando Will Smith apareceu vestido de cowboy como parte da promoção do filme "As loucas aventuras de James West", quando vendeu 202.701 cópias.

O segundo número menos popular entre os leitores da publicação foi o de julho de 1993, com Harrison Ford na capa, com 243 mil exemplares vendidos. Esta não é a primeira vez que o ídolo pop canadense atrai um número reduzido de vendas para uma revista, já que sua aparição na edição de outubro de 2010 da "Teen Vogue" teve como resultado 121.054 cópias vendidas, 12% a menos do que a média habitual da publicação no ano.

Já em abril de 2010, a "People" vendeu 961.762 cópias com Bieber na capa, 25% a menos do que seus números em 2010.

veja também