MENU

Vaticano inclui o Brasil na rota do turismo religioso

Vaticano inclui o Brasil na rota do turismo religioso

Atualizado: Sexta-feira, 17 Setembro de 2010 as 9:56

A Ópera Romana Peregrinações, agência de viagens oficial do Vaticano, vai acrescentar o Brasil nos roteiros oferecidos aos peregrinos católicos. A parceria foi firmada nesta terça-feira (14), no Vaticano, e divulgada pelo Ministério do Turismo nesta quinta (16). Inicialmente, São Paulo (SP), Aparecida (SP), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Recife (PE), Belo Horizonte (MG) e cidades históricas mineiras serão indicadas.

O Ministério do Turismo espera expandir o potencial do turismo religioso no Brasil. Uma pesquisa encomendada para a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) em 2007 apontou que 3,6% dos entrevistados declararam a religião como motivação para viagens. Considerando o volume total das viagens realizadas no país, estimada em 225 milhões, o resultado significaria um volume de cerca de 8 milhões de viagens. O ministro do Turismo, Luiz Barretto, estima que a parceria com o órgão que já divulga destinos mundialmente famosos como Santiago de Compostela, na Espanha, e Fátima, em Portugal, “deve proporcionar um grande impacto no fluxo turístico estrangeiro para nosso país”. A definição dos roteiros está sendo debatida pela equipe do Vaticano e representantes de operadoras brasileiras. A expectativa é que os primeiros pacotes comecem a ser vendidos no congresso da Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav), em outubro, no Rio de Janeiro. Mas o impacto maior está previsto para junho de 2011, quando acontece o Josp Fest (Festival Internacional dos Itinerários do Espírito), na Itália.

Enquanto o Vaticano avalia os destinos que vai divulgar para os peregrinos, alguns estados brasileiros se antecipam na divulgação da vocação para o turismo religioso. Na Bahia, eventos como a lavagem da Igreja do Bonfim, festa de Santa Bárbara (em Salvador), romaria de Bom Jesus da Lapa e festa da Boa Morte atraem multidões anualmente. Já Minas Gerais conta com feriados como Semana Santa e Corpus Christi que reunem turistas do mundo todo, principalmente em cidades históricas como Ouro Preto, Diamantina e Tiradentes. Para a secretária de Estado de Turismo de Minas Gerais, Érica Drumond, a notícia foi animadora, “certamente este acordo poderá contribuir para o aumento do fluxo turístico no estado”, conclui.

Nos próximos meses, o administrador da agência Vaticano, padre Caesar Atuire, deve vir ao Brasil com uma comitiva. Nesta oportunidade, o governo brasileiro pretende apresentar outras opções nas regiões Sul, Centro-Oeste, Norte e Nordeste, além de destinos de ecoturismo como Amazônia, Foz do Iguaçu e o Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí.

veja também