MENU

Vera Cruz e Santa Teresinha têm merenda vencida

Vera Cruz e Santa Teresinha têm merenda vencida

Atualizado: Segunda-feira, 9 Maio de 2011 as 9:11

O Ministério da Educação determina que a merenda escolar precisa suprir, no mínimo, 20% das necessidades nutricionais diárias dos jovens e ter pelo menos três porções de frutas e hortaliças por semana. Doces e alimentos enlatados, semiprontos e embutidos, como a salsicha, devem ser oferecidos com moderação.

Segundo reportagem do Fantástico, em uma escola municipal com apenas 17 alunos de Vera Cruz, município baiano de 37 mil habitantes na Ilha de Itaparica, a merenda é preparada ao lado do banheiro e no mesmo local em que ficam o fogão e o estoque, onde foram encontrados bichos no macarrão, além de outros alimentos vencidos e mofados. Em escola municipal de Santa Teresinha, também na Bahia, a tubulação de esgoto passa pela cozinha.

Havia carne sem data de validade e, entre os sacos de comida, muitas formigas. Nos dois casos, o poder público tentou explicar a situação. “Isso não representa a realidade do município na gestão da merenda escolar nem na gestão da educação de modo geral. Não vai acontecer mais, de maneira nenhuma”, assegura o prefeito de Vera Cruz, Magno de Souza Filho. A nutricionista da Prefeitura de Santa Teresinha reconhece que a merenda não supre as necessidades nutricionais dos estudantes, mas alega que os ingredientes, mesmo insuficientes, são de boa qualidade. Sobre as formigas, informa que os funcionários são orientados a limpar a despensa uma vez por semana.        

veja também