MENU

Vereador e assessor têm prisão preventiva decretada em Mairinque

Vereador e assessor têm prisão preventiva decretada em Mairinque

Atualizado: Segunda-feira, 31 Janeiro de 2011 as 3:27

O vereador Alex Santos Silva (PTB) e o assessor parlamentar Samuel Monteiro tiveram prisão preventiva decretada em Mairinque, a 71 km de São Paulo, por suspeita de fazer parte de uma rede de tráfico de drogas no município. Os dois já são considerados foragidos nesta segunda-feira (31).

Segundo as investigações, Monteiro e Santos Silva são apontados como usuários e traficantes de droga. A polícia diz que eles utilizavam o celular do Legislativo para fazer contatos com traficantes que já haviam sido presos durante operações da polícia em Mairinque.

Ainda segundo as investigações, o vereador e o assessor levavam com frequência cinco adolescentes até Itapevi, na Grande São Paulo, para que elas pudessem comprar as drogas e repassar a eles.

As adolescentes também participavam de festas particulares na casa de Santos Silva, de acordo com a polícia. Em depoimento, uma das jovens confirmou que chegou a consumir droga e fazer sexo com o assessor.

O inquérito foi concluído e encaminhado ao Fórum da cidade. A Secretaria Geral da Câmara Municipal diz não ter sido notificada oficialmente. A próxima sessão da Câmara está marcada para quarta-feira (2), às 18h.

A reportagem tentou entrar em contato com o vereador e o assessor nesta segunda-feira, mas foi informada de que eles estavam em viagem com a família e que só deverão retornar no final de semana.    

veja também