MENU

Vereadora quer investigação sobre jornal pago pela Câmara de Curitiba

Vereadora quer investigação sobre jornal pago pela Câmara de Curitiba

Atualizado: Terça-feira, 23 Agosto de 2011 as 1:25

A vereadora Professora Josete (PT) deve apresentar, nesta terça (23), representação contra o presidente da Câmara Municipal de Curitiba, João Cláudio Derosso (PSDB), sobre supostas irregularidades praticadas por uma empresa de publicidade contratada pelo legislativo.

A suspeita da vereadora é de que a empresa tenha forjado gastos com impressões do jornal “Câmara em Ação”. A publicação teve gastos de mais de R$ 12 milhões para ser impresso, entre 2004 e 2010, de acordo com o Portal do Controle Social, do Tribunal de Contas do Estado.

“Foi feita pesquisa na Biblioteca Pública do Paraná e na biblioteca da Câmara Municipal, e nenhum exemplar foi encontrado”, afirmou Josete. O Câmara em Ação já teve como jornalista responsável a esposa de Derosso, Cláudia Queiroz, que é investigada por suposta irregularidade em contrato com o legislativo.

O jornal existia em versão digital até semana passada no site oficial da Câmara, mas foi retirado do ar. De acordo com a prestação de contas, o periódico chegou a ter uma tiragem de 247 mil exemplares para uma única edição – número maior do que todos os jornais de Curitiba.

A RPC TV tentou contato com a Visão, mas o telefone para contato disponível foi dado como inexistente.

Convocação

Josete afirmou que, além da representação, também irá pedir ao Conselho de Ética que convoque Cláudia Queiroz, bem como sua irmã, Renata Queiroz, que foi contratada comissionada da Câmara.

Derosso será ouvido pelo Conselho de Ética nesta terça, em sessão fechada.          

veja também