MENU

'Vida sobre Rodas' mostra a história do skate no Brasil desde os anos 80

'Vida sobre Rodas' mostra a história do skate no Brasil desde os anos 80

Atualizado: Segunda-feira, 29 Novembro de 2010 as 11:57

Anos 80. O skate começava a ganhar adeptos no Brasil, mas quem se arriscava sobre a prancha com rodinhas não era considerado atleta, mas marginal. Dirigido por Daniel Baccaro, o documentário Vida Sobre Rodas, estreia nos cinemas na sexta (26/11). O filme mostra a trajetória do skate no Brasil, seu crescimento e desenvolvimento técnico com depoimentos e imagens de skatistas, jornalistas e empresários.

O longa tem o mérito de registrar quatro dos grandes nomes do esporte mundial, Bob Burnquist, Cristiano Mateus, Lincoln Ueda e Sandro Dias, quando ainda eram pré-adolescentes Segundo o pentacampeão mundial Sandro Dias, o atletas sofriam preconceito não só no Brasil, mas também no exterior, onde eram boicotados por causa dos patrocinadores que copiavam marcas americanas.“Quando eu era adolescente, as pessoas contavam para os meus pais que tinham me visto com um monte de vagabundos. Achavam que os skatistas iam machucam alguém na rua ou bater o skate no carro das pessoas”, diz. “Nos primeiros campeonatos, éramos os últimos a treinar e ainda apagavam as luzes para nos prejudicar.”

Um dos momentos mais interessantes do documentário se passa na capital paulista.  Em 1988, o então prefeito Jânio Quadros proibiu o uso de skate na cidade por causa de reclamações sobre acidentes e atropelamentos. Adultos, adolescentes e até crianças participaram de um protesto contra a ação, que só seria revogada quando Luiza Erundina assumiu a da prefeitura, meses depois. “Era um absurdo proibir o skate na rua sem fornecer um espaço adequado”, conta Dias. “Foi nessa época que surgiu a frase ‘Skate é um direito do cidadão e um dever do Estado’”, diz Bob Burnquist. “Eu era muito novo, mas foi uma coisa surreal. Parece que não aconteceu.” Nesta época, para incentivar o filho Cristiano, Nelson Mateus construiu uma pista conhecida como half pipe (em formato de "u") no galpão da sua loja Ultra Pisos. O local se tornou ponto de encontro de jovens skatistas como Burnquist e Lincon Ueda - e um marco na história do esporte no estilo vertical. “Daqui a 20 anos, queria poder ver outro filme com uma história sobre skate dramatizada”, diz Ueda, que era acompanhado desde criança pelo pai que frequentava e registrava em vídeo as competições disputadas pelo filho.

O filme, que demorou seis anos para ser finalizado, utiliza muitas imagens feitas pelos pais de Ueda e Cristiano Mateus. Além dos nomes mais conhecidos, Vida Sobre Rodas mostra skatistas como Digo Menezes, Mauro Mureta, Léo Kakinho, Sérgio Negão, Thronn e Jorge Kuge, que falam sobre a evolução da prática e da forma como o esporte era encarado no país, além de depoimentos de lendas do esporte como Tony Hawk, Lance Mountain e Danny Way.

Por: Regiane Teixeira

veja também