Vigilante que se perdeu em mata fez exercícios para espantar o frio

Vigilante que se perdeu em mata fez exercícios para espantar o frio

Atualizado: Sexta-feira, 8 Julho de 2011 as 8:30

O vigilante que ficou dois dias perdido na Serra do Mar após entrar na mata para procurar uma pesquisadora da Universidade de São Paulo (USP) e outras seis pessoas disse que comeu plantas e que fez exercícios para espantar o frio. Geraldo Mazelio é funcionário da USP e conhecia as trilhas da região. O vigilante entrou na mata na terça-feira (5), mesmo dia em que os pesquisadores acabaram sendo resgatados. Eles começaram uma trilha que liga Mogi das Cruzes a Bertioga. No dia seguinte, eles conseguiram se comunicar com os bombeiros pelo celular e informaram que haviam se perdido na descida da serra. O helicóptero Águia, da Polícia Militar, auxiliou nas buscas.   Mazelio foi encontrado nas proximidades da Rodovia Rio-Santos, na altura de Boracéia, no Litoral Norte. O vigilante foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Bertioga com hipotermia e alguns ferimentos leves.          

veja também