MENU

Virada Cultural segue calma em São Paulo após morte e tiroteio

Virada Cultural segue calma em São Paulo após morte e tiroteio

Atualizado: Domingo, 6 Maio de 2012 as 5:41

AE

Após as ocorrências do primeiro balanço parcial, polícia informa que não houve nenhum registro na tarde deste domingo

selo

Horas depois de registrar uma morte e tiroteio, a Polícia Militar afirmou que o clima é de tranquilidade na Virada Cultural na tarde deste domingo. O major Félix, responsável pela segurança do evento desde às 14 horas, disse que desde o último boletim preliminar emitido pela polícia nenhuma ocorrência foi registrada.

Leia mais: Polícia registra prisões e uma morte por overdose na Virada Cultural

Virada Cultural 2012: Galinhada de Alex Atala causa confusão

Imagens: Veja cenas da Virada Cultural 2012

 

 

Público assiste ao show dos Titãs na Virada Cultural

Foto: Claudio Augusto

 

 

No evento, já foram presas oito pessoas em flagrante, duas por tráfico de drogas, cinco por roubo e uma por estelionato. Além disso, 16 adolescentes foram apreendidos. Uma jovem de 17 anos morreu com suspeita de overdose de cocaína e duas pessoas foram baleadas.

Show: Titãs mostram \"Cabeça Dinossauro\" na Virada Cultural

 

Segundo o major da PM Carlos Alberto Silva, um agente da Polícia Federal disparou em direção a um táxi e, por isso, foi abordado por policiais militares. O agente teria revidado a ação dos PMs, houve troca de tiros e ele ficou ferido no abdômen.

Leia também: Stand-up de Tom Cavalcante na Virada Cultural é prejudicado pelo som

 

Esse mesmo agente teria atirado, ainda segundo a PM, em um jovem, que também ficou ferido e foi hospitalizado. O agente da Polícia Federal será autuado em flagrante por resistência à prisão e tentativa de homicídio.

Também houve confusão na distribuição da famosa galinhada do chef Alex Atala, durante a madrugada

Brigas

Brigas também interromperam o show em homenagem a Elis Regina. Cerca de 100 adolescentes iniciaram uma briga do lado direito do palco boulevard São João. O público, assustado, invadiu a área VIP do palco, derrubando as barreiras de proteção, enquanto os jovens corriam para o Vale do Anhangabaú destruindo tudo o que viam pela frente, como lixeiras e banheiros químicos. Não se sabe ao certo o que iniciou a briga, mas, segundo relatos, a confusão teve início após um empurra-empurra.

Leia mais: Música clássica e dança atraem público na Virada Cultural

Também ocorreram problemas no show da banda Suicida Tendences. Assim que o grupo entrou no palco São João, na manhã deste domingo, as barreiras que separavam o enorme público da área VIP cederam dando origem a um caos generalizado. A área, destinada a convidados e portadores de necessidades especiais, era localizada em frente ao palco. Depois de invadir o local, o público tentou subir no palco, mas todos foram contidos.


Continue lendo...

veja também