MENU

Vítima de arrastão em pizzaria diz que conseguiu salvar relógio e cel

Vítima de arrastão em pizzaria diz que conseguiu salvar relógio e cel

Atualizado: Segunda-feira, 15 Agosto de 2011 as 2:26

Os criminosos que invadiram uma pizzaria na região de Santo Amaro, Zona Sul de São Paulo, e fizeram um arrastão na noite deste domingo (15) fugiram levando dinheiro, bolsas e objetos pessoais de pelo menos 15 clientes, mas não conseguiram levar o relógio e o celular de um deles. O aposentado Luiz Carlos Martins, de 62 anos, conseguiu esconder o telefone embaixo das pernas e o relógio no bolso. A carteira com documentos e dinheiro foi posta na mesa e levada pelos assaltantes.

Martins terminava o jantar com a esposa, a filha dela e o genro quando os homens armados invadiram a pizzaria. “Chegaram falando ‘é um assalto, coloca a carteira na mesa’. Consegui esconder meu celular e tirar meu relógio também. É um relógio de estimação. A carteira coloquei na mesa, não teve jeito. Foi no intuito, você não sabe a reação que vai ter”, contou ele nesta segunda-feira (15) ao G1 .

O aposentado estava na região do Jabaquara, também na Zona Sul, e foi até o restaurante jantar pois já havia visto o local e o achou agradável. A família já havia terminado a pizza e se preparava para ir embora quando os assaltantes chegaram. “É um lugar bonito, tranquilo. O coitado do dono que levou prejuízo, ninguém tinha como pagar, levaram todas as carteiras”, contou Martins.     Ele foi até o 11º Distrito Policial para registrar o boletim de ocorrência – deixou a delegacia já às 3h desta madrugada, e passou a manhã cancelando cartões e outros documentos. Foi a segunda vez que o aposentado foi assaltado – há dez anos, levou dois tiros na perna em uma ação de criminosos. “É muito apavorante, estou tremendo até agora. A cena marca muito”, afirmou.

Investigações

De acordo com o delegado José Clésio Filho, plantonista do 11º DP, a ação dos suspeitos, que foi gravada por câmeras de segurança, leva a crer que eles são os mesmos que fizeram um arrastão em outro restaurante da mesma rua na semana passada. “Os modos de agir e as vestimentas se parecem muito”, afirmou.

Segundo o delegado, equipes da Polícia Civil estão nas ruas em busca dos suspeitos. “Algumas equipes estão em campo já com algumas informações, buscando possíveis suspeitos. A gente já vem investigando há 15 dias, desde o primeiro roubo. Com as imagens de ontem, colabora para a linha de investigação”, disse Clésio Filho.

A ação na pizzaria foi registrada pelas câmeras do circuito interno de segurança.As imagens mostram quatro homens armados entrando na pizzaria depois de renderem o vigia. Um dos criminosos anunciou o assalto no caixa, enquanto outro levou os funcionários para uma sala, sob a mira de um revólver.

O grupo roubou apenas alguns clientes que estavam nas mesas. Telefones celulares, bolsas e dinheiro foram levados. Cerca de 50 pessoas jantavam na hora do arrastão. Os criminosos foram rápidos. Em um minuto, saíram com o que conseguiram recolher e entraram em um carro onde estava outro suspeito, que ficou aguardando do lado de fora.            

veja também