MENU

Vítima tentou fugir, caiu e foi atropelada após explosão, diz perícia

Vítima tentou fugir, caiu e foi atropelada após explosão, diz perícia

Atualizado: Terça-feira, 1 Fevereiro de 2011 as 12:56

O homem que morreu em um bar da Vila Mariana, na Zona Sul de São Paulo, na manhã desta terça-feira (1º), caiu ao tentar fugir da explosão e foi atropelado em seguida, segundo peritos da Polícia Técnico-Científica. O corpo da vítima ainda estava no meio da rua por volta das 12h, quase seis horas após o acidente, aguardando para ser levado para o Instituto Médico-Legal (IML). A polícia ainda não tem pistas do veículo que atropelou o homem.

Um vazamento de gás causou a explosão no bar da Rua Vergueiro, que foi interditado pela Defesa Civil. Até as 12h, uma faixa da Rua Vergueiro no sentido bairro foi continuava bloqueada. Segundo os bombeiros, duas pessoas ficaram feridas e foram levadas para hospitais da região.

Segundo a Polícia Militar, os feridos são uma funcionária e o dono do bar. O proprietário contou que no momento da explosão um freguês saiu correndo, atravessou a calçada e caiu na rua.     Segundo o taxista Edvaldo do Nascimento, 49 anos, o homem que morreu, conhecido como José, tomava café no bar no momento da explosão. Ele não viu a vítima ser atropelada. "Quando saí de lá, me virei e vi a explosão. Vi o José pulando no meio da rua, a cozinheira gritando. Ele caiu, bateu a cabeça na guia. Pelo jeito que vi, ele saiu correndo do susto que tomou dentro do bar"

Até as 12h desta terça, a vítima foi identificada apenas como José. Segundo moradores da região, ele trabalhava no estacionamento durante a noite e tomava café da manhã no bar todos os dias antes de ir para casa.    

veja também