MENU

Viúva se emociona e diz que Alencar 'merece todas as homenagens'

Viúva se emociona e diz que Alencar 'merece todas as homenagens'

Atualizado: Segunda-feira, 4 Abril de 2011 as 1:58

A viúva de José Alencar, Mariza Gomes da Silva, se emocionou ao falar do ex-vice-presidente em cerimônia religiosa na manhã desta segunda-feira (4) em Belo Horizonte. Dona Mariza agradeceu o carinho dos brasileiros e disse que Alencar merece todas as homenagens porque é um exemplo de dedicação. “Ele mereceu [as homenagens], não só como político e empresário, mas na luta pela vida. Cada experimento que ele fazia na luta contra a doença, ele tinha esperança que podia poupar outras pessoas”, disse.

Ela destacou a preocupação do marido com os outros doentes. “Ele gostaria que todos os brasileiros tivessem o cuidado que ele teve. Ele deu a vida final dele ao povo brasileiro”, falou. Durante a missa, dona Mariza lembrou que Alencar, mesmo internado, lia cuidadosamente os documentos e os assinava nas ocasiões em que Lula viajava. “Eu jamais vi uma pessoa sofrer daquele jeito e não reclamar de nada”, falou.

Cerca de 50 pessoas estavam na celebração. (Foto: Pedro Triginelli / G1) A missa começou às 10h e teve a duração de uma hora e meia. Foi realizada na casa de Célia Peres de Freitas, de 84 anos, irmã de José Alencar. Cerca de 50 pessoas, entre familiares e moradores do bairro 1º de Maio, participaram da celebração em uma capela dentro da casa. Apesar de privada, Célia conta que são realizadas missas periódicas na capela.

A irmã de José Alencar também prestou homenagens durante a celebração. Disse que quando ela quis se mudar para o bairro na periferia de Belo Horizonte, o irmão foi muito presente na vida dela e a ajudou a construir a capela. “Ele foi sempre um excelente irmão, foi como um pai para mim”, disse ao recordar que após a morte do pai, o irmão assumiu a condição de chefe da família. Outras duas irmãs de Alencar estavam presentes.

Ainda nesta segunda-feira (4), outra celebração religiosa vai homenagear o ex-vice-presidente da República. A missa vai ser realizada às 19h na Igreja Santa Rita de Cássia, na Região Centro-sul de Belo Horizonte.      

veja também